Preso com quase R$ 860 mil pela Guarda Municipal de Londrina é condenado

01/04/19 - P.L.O. (22) foi condenado na última sexta-feira (29) por posse ilegal de arma de fogo por transportar, em novembro do ano passado na zona sul de Londrina, uma pistola Glock 9mm e 10 munições intactas em uma Ecosport.


No mesmo veículo, guardas municipais apreenderam quase R$ 860 mil, o que levou a Polícia Civil a abrir outro inquérito para investigar uma suposta lavagem de dinheiro. O desdobramento gerou repercussão depois que 15 GMs foram afastados por suspeita de desvio do montante apreendido. Assim como os agentes, o jovem também é alvo da apuração paralela, que ainda não foi concluída.


A condenação de três anos em regime aberto é do juiz da 5ª Vara Criminal, Paulo César Roldão. Na decisão, ele substituiu a pena pelo pagamento de um salário mínimo e prestação de serviços comunitários. Além disso, mandou soltar o rapaz, detido há quase cinco meses.

Durante a audiência no Fórum, Paulo não revelou a origem da fortuna e negou ter conhecimento da presença da pistola no carro. "Só soube disso quando meu advogado chegou na delegacia". Ao ser interrogado, afirmou que a arma teria sido implantada pelos guardas. Mas essa versão não prosperou diante do magistrado. "Essa alegação é totalmente descabida porque não produz nenhuma prova, demonstrando que o réu falta com a verdade, tentando esconder a origem dos bens que foram encontrados em seu poder, visando a impunidade", escreveu. Para saber mais clique AQUI. Fonte: Bonde.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra