Guarda Civil Metropolitana | Prefeitura pede R$ 132,6 milhões ao BNDES

Dinheiro vai ser usado para compra de veículos, armas, equipamentos e modernização da central de telecomunicações da Guarda Civil Metropolitana.

22/04/19 - A SMSU (Secretaria Municipal de Segurança Urbana) da Prefeitura de São Paulo enviou para o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) um plano de ação para tentar conseguir um financiamento no valor de R$ 138,6 milhões com o banco para compra e modernização de equipamentos da GCM (Guarda Civil Metropolitana).


O documento, obtido com exclusividade pelo R7, lista os objetivos para o uso do dinheiro e traz uma lista de equipamentos e projetos que devem ser custeados com o dinheiro, incluindo um cronograma de execução dos recursos.

Dinheiro também será usado para comprar novas viaturas para a GCM
Divulgação/Secom/Prefeitura de São Paulo

Segundo a SMSU, a solicitação de financiamento para segurança pública teve início no ano de 2018, com a liberação do governo federal de linha de crédito especial para segurança para estados e municípios.


"O recurso da Secretaria Municipal de Segurança Urbana será destinado ao atendimento das necessidades das unidades ligadas à pasta, como reaparelhamento da Guarda Civil Metropolitana, melhoria em tecnologia, ampliação de interligação de equipamentos com outros órgãos e diminuição da resposta nas questões de segurança urbana ao cidadão", afirmou a Prefeitura em nota, explicando ainda que o processo foi aprovado pela Câmara dos Vereadores. Para saber mais clique AQUI. Fonte: R7.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra