‘É insano’, afirma herdeira da Disney sobre bônus pago a CEO. No serviço público é melhor garantir a merreca do que sair procurando outro emprego

23/04/19 - Por Dennis Guerra: Isso é porque ela não sabe o que ocorre no serviço público (em alguns setores mais específicos, - salvo as devidas proporções) que não é tão diferente. Uns ganham elevados rendimentos enquanto outros ou escolhem viver no limite do cartão de crédito ou fazem serviços extras para conquistar algo além dos boletos de água, luz e um carro usado adquirido no financiamento.


O pior é que quando a discussão é sobre Reforma da Previdência, como ocorrida e aprovada na Prefeitura de São Paulo. Por um lado os servidores com os mais baixos salários são o principal alvo da reforma, enquanto o alto clero continua a ser beneficiado. Sobre isso leia a postagem Bruno Covas aprova aumento para secretários poucos meses após o SAMPAPREV

E não só isso. Você encontra desproporcionalidades até mesmo dentro de uma mesma categoria, onde muitos ralam o couro sol a sol, enquanto outros recebem salários justificados por uma suposta importância estratégica, e menos pelo o que realmente produzem. Ah, mas ninguém foi te buscar em casa é o suficiente para justificar o teu infortúnio.

E, como diz aquele teu amigo: "É melhor garantir a merreca do que sair procurando outro emprego".

Herdeira da Disney critica R$ 260 milhões pagos a CEO da empresa em 2018: ‘É insano’

No Twitter, cineasta Abigail Disney, neta de cofundador de império Disney, defende cortes em bônus para aumentar salários mais baixos, e salienta que não fala pela família, mas em nome próprio.

Uma das herdeiras do império Walt Disney classificou como "insano" o pagamento de R$ 260 milhões feito pela Disney ao seu CEO, Bob Iger, no ano passado.

"Vou deixar bem claro. Eu gosto do Bob Iger (…) Mas, por qualquer medida objetiva, uma proporção de pagamento acima de mil é insana ", escreveu Abigail Disney no Twitter, apontando para a discrepância entre os salários mais altos e os mais baixos da empresa.

Cineasta com um prêmio Emmy no currículo, Abigail é neta de Roy Disney, irmão de Walt e um dos cofundadores do conhecido conglomerado da indústria de entretenimento. Em uma série de 22 tuítes postados no domingo, 21 de abril, ela defendeu que os salários e bônus pagos ao CEO e a outros executivos da companhia fossem cortados ao meio e que a outra metade fosse usada para aumentar a remuneração dos demais funcionários. Para saber mais clique AQUI.  Fonte: G1.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra