Guarda Civil de Santa Bárbara d’Oeste, durante abordagem, localiza veículo furtado

E em pesquisa pelo chassi da plaqueta localizada na coluna, foi constatado que o veiculo era produto de furto pela cidade de Americana.

29/03/19 - A Equipe de Apoio Tático da Guarda Civil de Santa Bárbara d’Oeste com o subinspetor Lacerda e os Patrulheiros Morais e Silva, na noite desta terça-feira, em patrulhamento pela rua da Borracha visualizaram o veiculo Montana de cor preta, do município de Jales, conduzida por J.P.P.D. (41), morador do Parque Gramado em Americana.


Foi então dado sinal de parada para o condutor, que obedeceu. Em busca pessoal e pelo veículo, nada de ilícito foi constatado. Todavia era de conhecimento da equipe que o veiculo era dublê e que estaria sendo utilizado na prática de furtos pela cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Americana, com imagens do veículo em tais atos.

Na averiguação observamos que a numeração do chassi não conferia com a numeração da plaqueta localizado na coluna da porta. Questionado, o condutor relatou ter comprado o veiculo de um desconhecido e não saberia precisar o valor pago. Em pesquisa via COP da numeração do chassi que se encontra no assoalho do veiculo, ela conferia com a de um outro veículo da mesma marca e mesmas características que se encontrava estacionado na garagem de uma residência no município de São José do Rio Preto.

Constatado isso, após contactar o proprietário por aquele município e em pesquisa pelo chassi da plaqueta localizada na coluna, foi constatado que o veiculo era produto de furto pela cidade de Americana.

Diante dos fatos J.P.P.D. foi conduzido ao Plantão Policial e ao relatar os fatos ao delegado Gabriel Fagundes Toledo Neto, que determinou o registro de apreensão do veiculo e o seu recolhimento ao Pátio. J.P.P.D. após qualificado nos autos foi liberado. Ocorrência com apoio da equipe do subinspetor José e os Patrulheiros Firmino e Andrade.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra