19 junho 2018

RETP | Reunião com o Comandante Geral GCM

18/06/18 - Por Sidnei Almeida: O Grupo de Acompanhamento do RETP foi convidado pelo senhor Comandante Geral Inspetor Superintendente Carlos Alexandre Braga para uma conversa sobre as informações referentes a um documento que foi divulgado, que supostamente traria o parecer negativo da secretaria referente ao aumento do RETP. 


Cabe salientar que tal relatório foi feito por um servidor e tal visão não se trata do parecer final divulgado pela secretaria em questão.



Foi passado que a propagação deste tipo de informação é deveras prejudicial quanto a tentiva [Sic] de abalar processos já consolidados no que se refere a conquistas para a corporação. O Comandante diante de tudo o que viu, solicitou que este grupo viesse a se inteirar das informações oficiais a fim de poder disseminá-las, eliminando assim dúvidas e entendimentos errôneos que possam desta forma desestruturar a confiança da tropa quanto ao trabalho realizado pelo Comando juntamente com os órgãos ligados.


O projeto referente ao aumento do RETP encontra-se no SMG/COJUR/ATAJ-P (consulta em 18/06/18 às 21h53).


Diante de tais fatos foram dadas as seguintes explicações; após apresentação do projeto e as devidas explanações às secretarias envolvidas no que se refere a possibilidade de pareceres positivos, deram o aval de que se empenhariam a favor da devida aprovação. Mesmo sendo informado que não há dotação orçamentária prevista para o ano de 2018, suscitou-se a possibilidade de captação dos recursos necessários de áreas que poderiam ter suas finanças readequadas.



Cabe salientar que os esforços para a aprovação do projeto original são extremamente sólidos, e que as articulações necessárias estão caminhando de modo muito satisfatório.

O Comando Geral solicita a todos que sejam evitados quaisquer tipos de propagação de ideias que possam servir como mote para a desestabilização e descrédito dos esforços até aqui empenhados em prol deste que é um projeto de grande importância a fim de se dar um fôlego ao efetivo. Pede ainda que diante de informações que venham a apresentar dúvidas ou implantar a ideia de fracasso quanto aquilo que se está tentando, que sejam utilizados os meios de comunicação em mãos para elucidação diante do Comando Geral, da Entidade de Classe, dos membros do Grupo de Acompanhamento para que sejam eliminados de imediato e desta forma trazer para o efetivo a devida clareza e transparência nas questões que lhe dizem respeito.



Grupo Grupo de Acompanhamento do RETP formado pelos GCMs Classes Especiais Jefferson Assis, Mikalkenas, Márcio Araújo, Sidnei, Júnior, Favela, Carlos M. e Leandro Grabe. Fonte: Grupo Juntos pelo RETP I Whatsapp. Fotos e vídeo: Tati Santos.





2 comentários:

  1. Tks Guerra!!! Parabéns mais uma vez pelo seu Blog que nos acompanha à tantos anos!!! O nosso POLÍCIA precisa ser valorizado!!!

    ResponderExcluir
  2. Temos que aproveitar ao máximo esse canal com o Comandante( Carlos Alexandre Braga), que esta disposto a resolver as demandas com a tropa, afinal quem ganha somos todos nós, desde o mais recruta ate os veteranos, vamos projetar ainda algo sobre o plano de carreira da nossa Instituição, regatando quem sabe a valorização e a experiencia de quem está a anos na corporação, desvinculando o mercado de diplomas.
    Esperamos unir, e não dividir para Comandar...

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.