22 maio 2018

GCM/SP | Reunião sobre o RETP e outras tratativas

22/05/18 - Por Sidnei Almeida: Como todos sabem, hoje a comissão esteve  reunida com o senhor comandante Braga, Inspetor Farias, Inspetor Montini e representantes do Sindicato, para tratar sobre o projeto do RETP.


O intuito da reunião era sanar dúvidas que surgiram nas ruas, ou seja, na Tropa. E coube à essa comissão levar essas dúvidas para o senhor comandante, e procurar saná-las da melhor forma possível.


Primeiramente cabe ressaltar que fomos muito bem recebidos pelo comandante e sua equipe, que no primeiro momento procurou ouvir as nossas dúvidas, posteriormente se propôs a saná-las da melhor forma possível.

  • 1. Qual a tabela que foi apresentada no projeto?
  • 2. Aonde nasceu esse projeto?
  • 3. Como anda a tramitação?
  • 4. A possibilidade de acelerar
  • 5. Previsão para aprovação
  • 6. DEAC
  • 7. Mudança de tramitação de DEAC x RETP

Tabela do RETP

É praticamente a tabela que foi divulgada nas redes sociais, sofrendo pequenos ajustes no texto, porém os percentuais são exatamente o que foi divulgado, ou seja:

  • Nível 1 -  180%
  • Nível 2 – 160%
  • Nível 3 – 140%
  • Nível 4 – 120%

Nos foi informado que foi feito o impacto orçamentário que será aproximadamente de R$ 12 milhões, já calculado e estudado tecnicamente o seu impacto nos próximos três anos.

Projeto 

Nasceu na comissão que foi divulgada em diário oficial, na qual o comandante faz parte. O projeto foi discutido entre a comissão, e em reunião com o secretário e com sindicato sendo aprovado por todos, exatamente por isso o Comandante, o Secretário não estão medindo esforços para que seja aprovado sem alterações.

Tramitação

A tramitação tem corrido na velocidade normal nesse momento, ficou claro que por vários motivos acabou tendo atrasos e por isso acabou não sendo aprovado pela a antiga gestão, mas agora segue no ritmo normal e as tratativas com a nova gestão andam avançando, com reuniões já marcas entre todos os envolvidos e o prefeito e demais secretarias para que tudo seja aprovado a contento e o mais rápido possível.

Aceleração 

Ficou claro em reunião que o projeto está correndo na velocidade normal, mas que o Comandante, o Secretário não tem medido esforços para que a tramitação seja a mais repita possível.

Previsão

Quanto a previsão fica a nossa leitura da reunião de que a intensão é que seja aprovada antes das eleições, que todos os esforços seguem nesse sentido. Porém essa e a leitura que fizemos não foi estabelecido prazo, por parte do comandante que simplesmente disse que não mediria esforços para a aprovação na forma mais célere possível.

DEAC

Ficou esclarecido que o projeto de aumento DEAC foi um projeto do governo, que seguiu junto como o aumento da função delegada. Portanto, já estava e fase mais avançada e por ter sido apresentada antes e por ter uma tramitação um pouco mais lenta por ter a necessitar de ser aprovada pela câmara dos vereadores.

DEAC x RETP

Não teria como modificar as pautas, e inverter a tramitação em virtude de os ritos serem diferentes,a DEAC precisa passar pela câmara para ser aprovada e o RETP somente de um estudo orçamentário e decreto do prefeito.

Sanadas a dúvidas o comandante deixou claro que o Comando, a Secretaria e o sindicato não medirão esforços para aprovar o RETP sem modificações e na forma mais célere, e pediu para que todos tenham um pouco de paciência porque as negociações com o governo têm andado sendo necessário ter cautela para que tudo sai como o esperado.

Neste sentido nos colocamos a disposição para ajudar no que for possível, e o Comandante por sua vez se colocou à disposição para sanar as dúvidas bem como os seus canais de comunicação. Cabe agora a Tropa continuar acompanhando o andamento do projeto.

Unicidade da tropa já  - Todos somos um e juntos somos mais fortes!

***

Aumento do RETP | Nem só de DEAC vive o guarda civil metropolitano

20/05/18 - Por Dennis Guerra: Nem só de DEAC vive o guarda civil. É necessário requerer outras formas de minimizar os impactos da crise econômica em nossas vidas, e uma delas é o aumento do RETP.

Surgiu nas últimas semanas - nas redes sociais - um movimento pela rápida aprovação do aumento do Regime Especial de Trabalho Policial - RETP. O movimento surge por iniciativa dos próprios integrantes da Guarda Civil Metropolitana.

O projeto já foi concluído, não cabendo discussões a respeito do conteúdo e sim pela forma como se dará a organização para pressionar a atual gestão, encabeçada por Bruno Covas, a aprovar - em regime de urgência - o referido aumento.


Aumento salarial aos integrantes da Guarda Civil já era uma promessa do então prefeito João Dória para 2018 e, com alguns problemas internos enfrentados pela corporação e a posterior saída de João Doria para concorrer ao governo do Estado de São Paulo, todo o processo foi prejudicado, ficando agora nas mãos do atual prefeito.

De certo, logo mais uma reunião será marcada para que sejam discutidas as melhores formas de abordagem do tema junto a Prefeitura da cidade de São Paulo. Cogita-se, inclusive, que a reunião possa ocorrer na sede de sindicato ou na Câmara Municipal, por intermédio do Vereador Amauri Silva - representante dos quadros da GCM.


Guardas civis metropolitanos - fiquem atentos e participem. O aumento do RETP é um desejo antigo e de fácil concretização: basta vontade do Executivo. Mas nós é que não podemos dormir no ponto, ou a DEAC (Bico Oficial) continuará a ser um martírio ainda mais necessário. Em OCDGN.


0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.