Virada de Fluxo | Motivos para confronto na Cracolândia

12/04/18 - Segundo consta, usuários teriam repassado informações a mando dos chefes do crime no local, questionando o número expressivo de pessoas que estão sendo presas por guardas civis pelo crime de Tráfico de Drogas, dentre outros.


A suposta afirmação tem todo o sentido, pois várias prisões foram publicadas neste site, quando ainda era possível fazê-lo sem correr o risco de prejudicar os agentes que encaminhavam as informações.


Eles teriam avisado que o fluxo iria virar (quando os usuários e criminosos entram em confronto com os agentes de segurança pública) como, de fato, ocorreu. Ao final, depredações em vários estabelecimentos e cinco guardas levemente feridos.

Viaturas danificadas



Novamente os veículos de comunicação minimizaram a atuação da GCM no local, mostrando falta de interesse e competência ao fazer a cobertura in loco de forma convincente. Fotos: Equipes no local.

Equipamentos públicos e privados destruídos. Os pedaços dos bancos
de concreto abaixo foram utilizadas para agredir os policiais.


Policial militar busca cobertura juntos aos guardas civis 


Criminosos utilizaram grande quantidade de combustíveis
para promover vandalismo e agressões





Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra