São Paulo | Guarda civil metropolitano comete suicídio

21/03/18 - Encaminhado por Anderson: Consta que o GCM Fernando Sanches de Almeida foi localizado mãe, sentado no sofá, com um disparo de arma de fogo. A mãe informou que reside no fundo da casa e que não ouviu disparo durante a madrugada, e ao tentar acordar o filho percebeu que havia algo de errado, em seguida acionou 190 e a SAMU. Informações detalhadas na mensagem encaminhada por rede social. Fonte: Whatsapp.


Psicologia Policial - Área pouco explorada no Brasil

19/10/14 - Por Leandro Grabe: A psicologia policial é uma área de intervenção pouco explorada no Brasil, os psicólogos desempenham nas instituições policiais apenas algumas atividades, como por exemplo, a seleção das pessoas que são aprovadas em concursos públicos para ingresso na profissão policial e na formação presente no curso de preparação das academias policiais, desenvolvendo apenas aulas conteudista, sem uma maior intervenção psicossocial em conjunto com esses sujeitos que irão para as ruas em contato direto com a sociedade. Para saber mais clique AQUI.

Ocorrência envolvendo Autoridades, Personalidade, Integrantes de Outros Órgãos

CPA/M-6 – REGIÃO DO ABC

Ocorrência: Suicídio de Guarda Municipal de São Paulo. Data/Hora: 210430MAR18
Endereço: Rua                                  Santo André. 
Condição: De folga e trajes civis.
Vítimas: Fernando Sanches De Almeida,                        em óbito.

Viatura: M-10207 Encarregado:                                                                                                                              .

Btl: 10º BPM/M.
Cia: 2º.
DP: 4º de Santo André.
Procedimento: BOPM-1780/18

Histórico: Consta que o GCM foi localizado pela genitora                , sentado no sofá, com um disparo de arma de fogo na região             . A genitora informou que reside no fundo da casa e que não ouviu disparo durante a madrugada, e ao tentar acordar o filho percebeu que havia algo de errado, em seguida acionou 190 e a SAMU 2229 que, posterioridade constatou o óbito. Informação que a vítima não tinha problemas psicológicos, entretanto, sofria pressão por superiores no trabalho. Fonte: Whatsapp.





Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra