Guardas civis realizam parto de emergência na Zona Noroeste de São Paulo

22/02/18 - Encaminhado por Daniel Almeida: Policia não é só para casos policiais. E muito que acontece nos bastidores acaba não aparecendo. Devemos valorizar casos como o desta quinta-feira (22/02/2018) envolvendo uma das equipes da Guarda Civil Metropolitana (GCM), que realizou um parto dentro da viatura, em plena rua. Veja também: São Paulo - Equipe do Canil da Guarda Civil Metropolitana impede suicídio

Em frente à Inspetoria Regional de Perus/Zona Norte-Noroeste, que fica na Rua Ilídio de Figueiredo, 492 – ao lado da Prefeitura Regional – sob o comando do Inspetor Jorge Roberto Paschoal Corrêa – foi solicitada ajuda pelo motorista Reinaldo Barbosa da Silva, que encaminhava a esposa Valdene Ferreira dos Santos, que não conseguiria chegar a tempo ao hospital, já que ela estava em trabalho de parto. Veja ainda: Afanasio Jazadji manda recado ao prefeito de São Paulo sobre a GCM

A equipe da GCM assumiu o controle da situação em apoio à parturiente - com escolta, um guarda dirigindo o carro e um outro guarda na assistência. A poucos metros do local, viram que não conseguiriam chegar ao Hospital de Perus e o parto foi feito no trajeto, em plena rua, dentro do carro. Em seguida, todos foram ao Pronto Socorro do hospital, sob cuidados médicos. Mãe e o garoto Jefferson passam bem.


Parabéns Guarda Civil Metropolitana.
Mais um caso bem sucedido com o apoio de vocês!



A equipe do Subinspetor Gesualdo, que atuou neste caso, é formada: Classe Distinta Borges, Classes Especiais: Dudu, Alexandre, Circelli, Marilene, Bruno, Gaspar, Roselene, Primeira Classe: Ronei e Subinspetora Zuleika. Fonte: Diário da Zona Norte - Facebook.





Compartilhe:

Um comentário:

  1. Parabéns a equipe embora essas ocorrências não geram tanta repercussão na mídia ,tenho certeza que uma boa parte da população sabe o quanto e valorosa a instituição GUARDA CIVIL METROPOLITANA!!!

    ResponderExcluir

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra