21 janeiro 2018

Guarda Civil Metropolitana inicia serviço de salvamento aquático com drones, equipados para resgate

21/01/18 - Ocorreu neste sábado (20), na Represa Guarapiranga, o lançamento da “Operação de salvamento com Drones”, a qual utilizará recursos que auxiliará equipes da ambiental da GCM São Paulo e Guarda Vidas do Corpo de Bombeiros no socorro às vítimas de afogamento. Veja também: Rádio Amador | Frequência da GCM é copiada e indivíduo é identificado

A ação, pioneira na administração pública municipal, faz parte de uma ação conjunta com o Programa DRONEPOL da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, coordenada pelo Coronel Rogério Peixoto.

Ao identificar uma vítima de afogamento, os equipamentos de drones com bóias salva-vidas acopladas, são direcionados até o local onde se encontra a vítima e, dessa forma, é acionado o dispositivo que solta o sistema de bóias sobre a água com o objetivo de auxiliar no primeiro socorro à pessoa no momento do afogamento até a chegada do resgate.



Para o lançamento desse recurso, nesta manhã, foram feitas simulações na Represa de Guarapiranga e foram utilizados dois tipos de dispositivos: uma bóia do tipo torpedo na cor laranja, que possui alças e um cabo de resgate que permite o nado seguro em distância da pessoa que está sendo resgatada, maximizando a segurança e o sucesso do resgate. O outro é um dispositivo de auxílio à flutuação de fabricação alemã, cujo sistema tem um cilindro projetado para inflar a bóia quando chega à água.



A Operação de salvamento com drones foi desenvolvida com o apoio da empresa Sky Drones Tecnologia Aviônica, de Porto Alegre (RS). Seu representante, Ulf Bogdawa, esteve presente esclarecendo o funcionamento do sistema de salvamento.

O Secretário Municipal de Segurança Urbana, Jose Roberto Rodrigues de Oliveira, o Comandante da GCM, Adelson de Souza e o Inspetor Superintendente de Defesa Ambiental estiveram presentes juntos com a equipe do Dronepol.

É o marco da gestão pública municipal com o emprego da tecnologia melhorando e auxiliando o dia a dia a vida dos paulistanos. Fotos: Simone / SMSU. Fonte: SMSU - Facebook.




Um comentário:

  1. De fato, deste jeito é evidente que não teremos efetivo para atuar em nossa atividade fim. Espaços e atividades compartilhados com instituições mais estruturadas nos conduzirá ao fracasso

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.