23 janeiro 2018

Cenas fortes | Policial é acusado de matar traficante após ele divulgar vídeo íntimo com sua filha

23/01/18 - Postagem proibida para menores de 18 anos e para pessoas sensíveis / São Luís - Alguns vídeos circulam em diversos grupos do WhatsApp no Maranhão e expõem o momento em que um “suposto” traficante é executado por policiais. Segundo a descrição da mensagem o jovem de 20 anos, envolvido em diversos crimes em São Luís, teria divulgado na internet um vídeo íntimo da sua namorada de apenas 18 anos, que é filha de um policial ligado a um determinado grupo de extermínio da capital. Veja também: Giro Nas Notícias | Delegado comenta ocorrência - Nova profissão: Ladrão

O grupo denominado “G6” é uma organização criminosa formada por ex-policiais que atuam na região sul da capital maranhense . Durante a execução do suposto criminoso os atiradores fazem menção a facção ao qual o pai da jovem é suspeito de integrar.

O rapaz que aparece no vídeo foi identificando como o presidiário Kleber Vieira Gama, de 22 anos, foragido da justiça por tráfico de drogas, estupro e roubo majorado.



No inicio do ano, a Polícia Civil do Maranhão realizou diversas buscas pelo foragido para cumprir o mandado de prisão expedido no dia 12 de janeiro. Entretanto o corpo do detento teria sido encontrado em uma viela da cidade de  Imperatriz com diversos tiros e sem as tatuagens no corpo. De acordo com investigadores da Delegacia de Homicídios a suspeita é que a motivação do assassinato tenha sido por conta do vazamento do vídeo. Mas ainda é cedo para apontar a autoria do crime tendo em vista que a vítima possuía diversos desafetos. Assista o vídeo que supostamente motivou o assassinato. Fonte: Expresso AM.

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.