Vereador caça-votos se intromete em ação de equipe da Guarda Municipal

21/11/17 - O vídeo não faz relação a cidade dos fatos (muito menos ao nome do vereador caça-votos), o que não nos impede de fazer uma análise prévia. Veja também: Guarda Municipal de Niterói - Vereador destrói discurso hipócrita do Psol

1 - Este vereador parece ser do tipo que frequenta os botecos de bairro, pagando cerveja para a galera e patrocinando time de futebol de várzea. Nada irregular quanto a isso, apenas que mostra o tipo de política da qual ele é representante: a do pão e circo;


2 - Ele deveria estar realmente preocupado em saber as condições de trabalho dos agentes municipais. Estimular o trabalho baseado na lei e não em sua forma de fazer política (ou politicagem);

3 - É por esse tipo de pessoa - colocada no poder por nós mesmos - que o Brasil continua na mesma situação (ou pior). A política do vitimismo - aquela que, dentre outros pontos, miniminiza a responsabilidade individual baseada em alegações como 'indústria da multa', por exemplo - é que impede o nosso crescimento como nação forte, desenvolvida e realmente cidadã. Veja ainda: Desocupado tem o aparelho celular roubado durante confronto

Caso você tenha outras informações sobre o caso, como o nome da figura e cidade, nos encaminhe para complemento das informações. Obrigado!

"Vereador diz que os guardas municipais estão errados ao notificar quando ver uma pessoa dirigindo sem cinto ou cometendo alguma infração de trânsito. Segundo o vereador o certo é abordar as pessoas antes de notificar. Agora eu pergunto ao vereador: Se o GCM - agente de trânsito - estiver no patrulhamento a pé e um veículo passar ao seu lado, estando o seu condutor sem o cinto de segurança, ele vai abordar?! Vai correr atrás?! A pessoa habilitada sabe o que deve e o que não deve fazer ao volante, correto?" Fonte: Facebook. Encaminhado por Martins da Silva.





Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra