Qual seria a verdadeira face de Jair Bolsonaro quando o tema é Guardas Municipais?

27/11/17 - Nesta manhã um vídeo gerou enormes discussões nas redes sociais. Nele, produzido pela TV GCM - Facebook, o presidenciável Jair Messias Bolsonaro é o entrevistado. Veja também: Entrevista de Jair Bolsonaro sobre as Guardas Municipais

Sem tomar posicionamento político algum, apenas buscando apresentar outros elementos para entendermos melhor o cenário geral, a forma arrogante do Deputado Federal Bolsonaro no vídeo acima citado seria resultado de seu real entendimento sobre as guardas municipais ou apenas o resultado de declarações impopulares?



Vejamos agora um vídeo mais antigo



Difícil seria comentar sobre o trabalho (louvável) dos outros sem parecer antiético. A elaboração de uma entrevista deve seguir um certo ritual: agendamento, elaboração de pauta, local apropriado e previsão de tempo disponível do entrevistado. Enveredar pela simples oportunidade traz um grande risco de ser mal compreendido em suas intenções. Veja ainda: Enquanto vereadores de São Paulo recebem aumento e retroativos, GCMs permanecem com um dos mais baixos salários iniciais do estado

Além do mais, devemos tomar um certo cuidado com as perguntas em si. Por exemplo, não devemos - nunca - confundir quem realmente deve responder determinada pergunta, afinal cada questão tem o seu destinatário correto (alçada Federal, Estadual e Municipal). Confundir isso pode ser um grande equívoco.

Ou não, como foi o caso do Canal Azul Marinho, onde percebemos um Bolsonaro mais simpático, mesmo sem uma pauta aparentemente definida, mas que traz um extraordinário feeling do entrevistador Eliel Miranda para as perguntas.

E abaixo um outro vídeo. Mais uma oportunidade de juntar informações antes de tomar um posicionamento definitivo sobre a questão.



E então, qual seria a verdadeira face do presidenciável
Jair Messias Bolsonaro quando o tema é Guardas Municipais?



Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra