Desocupado tem o aparelho celular roubado durante confronto

20/11/17 - Atualizado em 22/11/17: Em confronto no centro de São Paulo, mais uma vez se percebe uma mídia tendenciosa colocando o trabalho de agentes de segurança em xeque. Veja também: Condições de Trabalho e Poder de Compra X Cortina de fumaça disfarçada de políticas públicas

No vídeo abaixo você perceberá as equipes da Guarda Civil sendo cercada por populares na Rua Santa Ifigênia - região central de São Paulo. Em determinado momento objetos são atirados contra os guardas civis, que revidam as agressões. Logicamente, os grandes meios de comunicação colocaram a ação dos GCMs como indevida, tomando por base os relatos daqueles que tentaram impedir a ação legal dos agentes. Veja ainda: Ideia Legislativa - Fim da Audiência de Custódia

O mais interessante ocorre ao final do vídeo. Enquanto pessoas se preocupam em filmar a confusão, um deles tem o celular roubado e começa uma correria para tentar reaver o aparelho. Se tivesse ocupado com a sua vida e não em se intrometer em uma ação legítima do Poder Público, talvez não tivesse a sua propriedade subtraída.

GCM afasta guarda que atirou durante confusão com ambulantes no centro de São Paulo; veja vídeo

Claro, o autor do roubo foi preso em flagrante por uma das equipes da GCM ali presente. Mas você não verá um elogio ou vídeo de agradecimento da vítima - no máximo um comentário do tipo: isso não é mais do que obrigação da polícia. Vídeo encaminhado por Daniel Almeida via Whatsapp.

"Este é um mister do serviço policial: proteger a quem sequer se conhece e fazer cumprir a lei, não importando quem seja a vítima". Por Márcio Alves.





Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra