Ministro do STF 'passa o Fachin' no governo

Relator da Lava Jato, no Supremo Tribunal Federal, coloca o alto escalão político do País sob investigação.

12/04/17 - Fachin manda investigar oito ministros, vinte e quatro senadores, trinta e nove deputados e três governadores. Ministro autorizou abertura de inquéritos solicitados por Rodrigo Janot, procurador-geral da República. 


Clique na imagem para ampliar.

"... A delação da Odebrecht envolve 12 governadores, mas apenas três aparecem com pedidos de inquérito no STF porque foram mencionados ao lado de outras autoridades que têm foro privilegiado na Corte. Os outros nove governadores citados são: Beto Richa (PSDB), do Paraná; Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais; Flávio Dino (PC do B), do Maranhão; Geraldo Alckmin (PSDB), de São Paulo; Luiz Fernando Pezão (PMDB), do Rio de Janeiro; Marcelo Miranda (PMDB), de Tocantins; Marconi Perillo (PSDB), de Goiás; Paulo Hartung (PMDB), do Espírito Santo; e Raimundo Colombo (PSD), de Santa Catarina..."Fonte de pesquisa: G1.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra