2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

18 abril 2017

Desmotivar não é arte, mas parece ciência

A diferença entre discursos motivacionais e a realidade que vos cerca.

18/04/17 - No ano passado uma pessoa fez contato comigo. Naquele momento fez um desabafo sobre a então operação radar nas marginais Tietê e Pinheiros. Naquele momento os aparelhos eram manuseados por guardas civis - diferentemente de hoje, onde os agentes do CET é que fazem o seu uso. No caso dos GCMs, agora a sua função se limita à segurança dos agentes.



Bem, naquele momento a pessoa desabafou sobre o fato de que as equipes deveriam se dirigir ao local da operação por meios próprios, o que significa utilizar veículo particular, transporte coletivo ou mesmo ir a pé.

Considerando que nem sempre se encontram alternativas de transporte público para certos lugares e que, mesmo sendo um veículo particular, nem sempre se encontram locais apropriados para estacionamento, até aí já encontramos um impasse. Mas, na ocasião, eu não considerei escrever nada a respeito por me atentar à uma afirmação: "Isso é desumano".

Talvez eu tenha entendido isso com um certo exagero. Mas, analisando com um pouco mais de  empatia, hoje eu me pergunto: será que não existiria aí uma certa razão?

"O básico de uma gestão é motivar o seu funcionário para ter um bom retorno. Difícil isso?! Juro que não consigo entender essa dificuldade". Por Keko Kekosp - Facebook.

Hoje, vendo que tal norma voltou à ativa e que pontos como exposição desnecessária do agente, dificuldades em encontrar locais de suporte, como sanitários - principalmente no caso das mulheres -, e que a possibilidade de ser surpreendido por uma ocorrência prioritária esbarraria em inúmeras dificuldades de apoio, afetando diretamente o imediato atendimento, penso que entendo aquele desabafo.

Coloque nessa conta um efetivo já desmotivado, a expectativa por uma aposentadoria barrada no judiciário (diretamente proporcional a isso, a idade já avançada de muitos agentes) e a falta de renovação do efetivo (Concurso GCM 2013), e você se perguntará qual a razão de guardas civis deverem se deslocar por meios próprios para tais operações enquanto viaturas ficam estacionadas nos pátios, sem uso (pelo menos aparente).

A frase em destaque, de um colega de faculdade, acabou por ser fundamental - coincidentemente - para este texto. Ela me faz pensar nos inúmeros cursos, palestras e tantos outros temas motivacionais que acabam por se tornar algo muitas vezes mecanizado, robótico, sem sentimentos reais e mais parecidos com discursos pré-moldados - e infundados - que nada tem relação com a realidade.

Chega a ser desumano tentar empurrar tais discursos goela abaixo, enquanto o que vemos é exatamente o contrário. Ou ainda, o problema é que as informações sobre as atuais necessidades não sejam claras, desmotivando ainda mais.

Bem, o que eu realmente espero com este texto não é debater sobre uma aparentemente indignação barata e sem propósito. Tampouco discutir a respeito de decisões das quais eu não conheço a demanda. Na verdade acredito que eu mesmo não esteja esperando mais nada, pois o que parece mesmo é que nada disso importa.

Apenas tenho a certeza que a ação desmotivadora não é nenhum tipo de arte, mas às vezes parece ser uma ciência - de tão bem calculada! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.