06 fevereiro 2017

Sobre o pessoal que defendia tratar bandido com flores - Enfiaram o buquê entre as pernas!

Enquanto a crise se agrava, aguardamos os verdadeiros colaboradores da crise se apresentarem para o combate.

06/02/17 - Por Dennis Guerra: As últimas notícias do estado do Espírito Santo e a greve da Polícia Militar continua a nos trazer um trágico cenário da Segurança Pública no país. Talvez isso seja apenas um começo de algo pior, talvez não. 


Dependemos agora dos jornalistas meia-boca, representantes dos Direitos Humanos, politiqueiros e demais colaboradores dessa crise, que sempre colocaram a população contra as polícias. 'Bora lá pessoal, ir para a rua e fazer aquilo que vocês sempre pregaram: tratar bandido com flores. Não dá, não é?!


Assista pelo seu smartphone


O que vemos é exatamente o contrário. Até mesmo programas de rádio transmitindo apelos assustadores para que os policiais voltem ao trabalho. Representantes dos Direitos Humanos nem dão as caras e os politiqueiros fazendo aquilo que bem sabem: politicagem. Enquanto vocês não tiram o rabo de suas cadeiras, as guardas municipais e Polícia Civil vão tentando segurar o refrão, colocando-se ainda mais em risco considerando o caos instaurado. Veja ainda: Se as armas não protegem, por que as autoridades fazem tanta questão de tê-las por perto?



Por conta da paralisação dos policiais militares e a consequente crise na segurança pública estadual, Vila Velha vive um momento que poderia ser muito pior, não fosse a ação destacada da Guarda Municipal. Segundo o subsecretário da Guarda Municipal Samuel Nunes, os agentes estão nas ruas cumprindo a função de coordenar o trânsito e de garantir a segurança para os cidadãos e para o comércio local. “Estamos cumprindo escala normal”, anuncia Nunes. “Estamos executando o trabalho cotidiano, nas nossas cinco bases e sete módulos operacionais”. Nunes ressalta que, por conta da crise causada pela paralisação dos policiais militares do Estado, a guarda está tendo que cumprir o que, normalmente, não seria de sua responsabilidade, como o acompanhamento a homicídios. “Esse tipo de atendimento é feito pela Polícia Militar”, explica Nunes. Uma atuação da maior importância da Guarda Municipal tem sido na garantia do funcionamento dos postos de saúde, com a manutenção do atendimento à população em geral e do trabalho de vacinação. Fonte: Guarda Municipal de Vila Velha - ES.

A coisa é tão séria que até um juiz que negou o porte a guardas municipais voltou atrás agora:

Juiz libera armamento temporariamente à Guarda Municipal de Cachoeiro“De forma excepcional e extraordinária, diante das circunstâncias dos caos instaurado, defiro extraordinariamente o pedido realizado pelo prefeito e pelo secretário municipal de Defesa Social, determinando ao comandante do 9º Batalhão da PMES de Cachoeiro, que proceda a entrega das armas da Guarda Municipal imediatamente, autorizando neste momento a portar armas de forma excepcional e extraordinária até que a normalidade retorne ao município”, disse o juiz no despacho da decisão interlocutória. Fonte: Folha Vitória. Encaminhado por Adams.

Agora a guarda municipal pode estar armada? É muita cara-de-pau mesmo! Durante todo o ano o agente tem que se valer da sorte e agora o juiz resolve que 'pode autorizar'? Sinceramente, se a crise não fosse tão séria, os guardas deveriam era recusar essa palhaçada!

Mas afinal, cadê o pessoal que defendia tratar bandido com flores?
Enfiaram o buquê entre as pernas?

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.