2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

18 dezembro 2016

Um novo modelo, uma antiga discussão


18/12/16 - Por Dennis Guerra: Na última semana uma imagem levantou uma questão interessante. Sendo a RDO - Ronda Disciplinar Oficial, da Guarda Civil Metropolitana um setor, basicamente administrativo e de fiscalização dos agentes da corporação, qual seria o objetivo em um uniforme culturalmente mais operacional? Veja também: CFSU - Formatura Curso de Qualificação de Classes Distintas e RDO

Logicamente não se discute aqui a relevância do serviço da própria RDO. Claro, alguns tem um ponto de vista muito peculiar sobre isso, ao que eu me resguardo. Mas, considerando que, por muitos anos os GCMs foram massificados pela ideologia da adoção da imagem menos operacional - e mais comunitária - a adoção do modelo pelo setor fiscalizatório não colocaria o guarda civil que atua nas ruas e inspetorias sob efeito psicológico ao qual se tentava - a todo o custo - evitar ao munícipe?

Bem, talvez a lógica seja exatamente essa: o serviço não é direcionando ao munícipe - não de forma direta - e sim a administração pública. Veja ainda: Calor intenso: "...Pode vir quente que eu estou fervendo..." (Atualizado)

Particularmente, eu sou favorável ao modelo. Sendo muito mais operacional, e adotado a todos os agentes, tornaria o dia de serviço mais proveitoso, além de motivar ainda mais os seus integrantes com um uniforme, digamos, muito mais garboso.

Mas, mais importante do que entrar nessa discussão, seria comentar sobre a chegada do verão, consequentemente as altas temperaturas, e a falta de medidas sobre uniformes mais condizentes com o período, assim como foi adotado pela Polícia Militar. E mais: Comando Geral da Polícia Militar de SP autoriza os seus policiais a não utilizarem a gandola durante calor intenso


Um comentário:

  1. Acho o serviço da RDO DESNECESSÁRIO e oneroso aos cofres públicos és instituição que anda em frangalhos investir o escasso recurso que temos é aliás esse serviço da RDO deveria ser feito pela corregedoria, pois essa é competência deste departamento além das investigações, a RDO é a ratificação de uma mentalidade administrativa de punir, tendo como prioridade fiscalizar os agentes e deixando beeeeemmmmm por último as condições que são lhe dadas para a execução dos serviços.É um retrocesso e um gasto publico com a instituição que não tem nada...

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.