Recuperada peça de Mausoléu do Cemitério do Araçá que conta a história de três Forças Policiais

20/12/16 Você Repórter - Tenório: Após o furto de peça sepulcral do Mausoléu da Guarda Civil Metropolitana - que já pertenceu à antiga Guarda Civil do Estado de São Paulo -equipes da Inspetoria de Operações Especiais - IOPE, recuperaram o chamado 'quepe' (feito totalmente) em bronze em um ferro-velho próximo a Estação da Luz - Centro de São Paulo. Veja também: Um novo modelo, uma antiga discussão

O caso foi registrado na 23° Delegacia de Polícia pela equipe do Subinspetor Frutuoso, que fez questão de agradecer a todos os colegas da Guarda Civil que se empenharam em dar um desfecho a essa ocorrência. Fotos: Equipes no local. Veja ainda: Marido derruba dois criminosos e GCM prende os marginais em flagrante - Na Norte, infrator é apreendido em cemitério com moto furtada

"O antigo Mausoléu da Guarda Civil do Estado - Decreto de 1953, apresentado por guarda civil que tornou-se um vereador na cidade. Com a extinção da Força Pública e a desativação da Guarda Civil do Estado, ele ficou sem função desde 1970. Antes de ser construído o Mausoléu da Polícia Militar ali próximo, alguns policiais militares foram sepultados ali, junto a guardas civis do estado. Atualmente ele pertence a Guarda Civil Metropolitana". Por Leandro Grabe.





Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra