30 dezembro 2016

Comando Geral - Fim de uma Era (Feedback)

30/12/16 - Por Dennis Guerra: Acabou. Chegamos ao fim de uma Era. Com a mudança de governo e a saída de Fernando Haddad do cargo de Prefeito de São Paulo, o Comando Geral da Guarda Civil troca de mãos. Foi publicado no Diário Oficial do Município a saída do Inspetor Gilson Menezes da função, assim como o subcomandante.

Veja também: Futuro Comando da GCM/SP enfrentará antigos problemas

Além deles, a Coordenadora adjunta da Corregedoria e a Coordenadora Geral do Centro de Formação em Segurança Urbana. A partir de janeiro, o futuro Secretário Municipal de Segurança Urbana, Coronel PM José Roberto Rodrigues de Oliveira definirá as novas diretrizes para a pasta.

Gestão polêmica

A atual gestão trouxe muitas polêmicas durante o seu curso. Definida por alguns como uma gestão que valorizou os guardas civis e humanizou as relações, também foi descrita por outros como uma gestão que teria quebrado o conceito de hierarquia - opiniões formadas, principalmente sobre o atual plano de carreira instituído -, tão fundamental na corporação.

Também foi marcada pelo estreitamento de relações entre sindicato e associações da categoria com o comando da corporação. Polêmicas à parte, a Guarda Civil Metropolitana entra em uma Nova Era, e agora só o futuro poderá trazer respostas a antigos problemas. Veja abaixo alguns comentários feitas pela rede social Whatsapp com exclusividade para esta matéria. Os nomes serão preservados.

"Devido o descaso do governo com o profissional da GCM em questão de material humano, tivemos um plano de carreira dos nossos sonhos. Na verdade pouco se investiu na nossa instituição, foram realizados melhorias em algumas áreas, mas precisamos de mais, pois quando zelamos pela segurança do povo precisamos de condições melhores de serviço no geral. Respeito, na verdade, a palavra e essa".

"Eu costumo olhar para as boas coisas. Independente de ideologia política e de opiniões da oposição, eu como profissional quero agradecer pois reconheço as conquistas dessa gestão para todos nós".

"Seis bilhões em caixa. E nenhuma nova contratação nos últimos meses".

"Para alguém que alega ser a gestão que mais conversou com a tropa, que conversas foram estas que não se permitiu fazer perguntas questionamentos? Gestão que não deu crédito a quem realmente fez um pouco por nós, a exemplo disso o caso de um ex-vereador, que fez acontecer a compra de pistolas e stand virtual e depois foi esquecido".

"A gestão mais humana, que se mostrou desumana. Um abraço, Muratori". Veja ainda: A Gestão Humana 'Mais Humana' - Nada a comemorar! (Atualizado)

O atual comando teve disposição e determinante influência nas melhorias das nossas unidades. Falo especialmente do Canil, onde eu como comandante tive a oportunidade de trabalhar sem restrições e total apoio para desenvolver um trabalho que gerou frutos pra nossa corporação. Portanto a confiança depositada no comandante de uma unidade fez toda a diferença e hoje temos várias inspetorias em situações excelentes de trabalho, trazendo dignidade aos profissionais da nossa GCM. Parabéns ao Comandante Menezes ao subcomandante Vanderley, ao superintendente Prattes, a superintendente Sandra pelo trabalho ombro a ombro conosco, comandantes de unidades. Muito obrigado". Por Wagner de Lourenço / Comandante Canil - Assinatura a pedido.

"Nenhuma motocicleta comprada nesse período. Isso me deixa triste, pois acredito que esse serviço é fundamental".

"Conivência e abusos ocorreram, principalmente na relação entre o comando da GCM e a Corregedoria. Após as nossas denúncias, algumas coisas mudaram. Mas, ao que parece, continuam a acontecer. Espero que a nova gestão tenha ética e respeito a dignidade da pessoa humana". Por Marcos Manteiga / Advogado - Assinatura a pedido.

"O mais marcante nesta no meu ponto de vista foi ver uma pessoa sendo várias vezes condecorada, e os seus subordinados sendo tão mal representados pelos gestores municipais na mídia".

"Essa atual - assim como as outras que passaram - foram administrações medrosas em investir e se comprometer com segurança pública municipal. O tal medo se deve em não criar atrito e mal estar político com a vaidade da Policia Militar. O único Prefeito que teve coragem foi o sr Jânio Quadros"!

"Sinto pelo fim do curso CTOPR. O que ficou claro para mim é que aquilo teve mais peso político que acabou por prejudicar o aperfeiçoamento profissional".

"Acredito que tanto o Comandante Menezes, assim como o Subcomandante Vanderlei,  contribuíram para o avanço da instituição GCM em vários aspectos. O porte de arma, A Deac, a aquisição de materiais, instalação de unidades, dentre outros pontos.  Penso que houve avanços".

Nota do Editor OCDGN - Inúmeros outros comentários foram encaminhados, todavia, a publicação de todos não seria possível. Obrigado aos que se dispuseram a colaborar para esta matéria.










Compartilhe pelo seu Whatsapp e colabore conosco (Clique AQUI)
image

O Cão De Guarda Notícias

Autor e Editor

Dennis Guerra Contato Whatsapp 11 95580-1702

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

biz.