2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

27 julho 2016

Super-heróis de verdade - Quem são os verdadeiros merecedores de nossas homenagens?

27/07/16 - Por Dennis Guerra: Quando um certo pároco buscou a mídia para fazer denúncias contra guardas civis, alegando que eles estariam retirando cobertores de moradores de rua, um número de pessoas - impossível de ser calculado - compartilhou em suas redes sociais as acusações e outras milhares resolveram se manifestar - de forma negativa, é claro.


Inclusive o próprio Prefeito Fernando Haddad afirmou naquele momento que ele havia tomado as medidas cabíveis em relação aos GCMs 'envolvidos no caso'. Veja ainda: Sociedade paulistana: Colhendo os frutos - e cobertores!

O que impressiona é o não aproveitamento - como já destacada aqui mesmo neste canal de comunicação - de talentos internos para diminuir esse impacto negativo na imagem da corporação. Eu tenho até mesmo dúvidas se o prefeito - que afirma ser um fan da GCM - conhece os serviços prestados pelo GCM Marcos Antônio P.de Moraes, que já foi destaque em inúmeras matérias pelo trabalho que realiza, por conta própria, com as pessoas em situação de risco. E mais: E mais uma vez, são os agentes públicos que acabam por carregar o peso dos pecados do mundo! - II

Na última, realizada pela BBC Brasil, mais uma vez esse honrado profissional traz ao coletivo um brilho que deveria ser destaque em cada preleção, em cada informativo, em cada homenagem no legislativo, no executivo e assim por diante. Aqui temos um verdadeiro Cidadão Paulistano que deveria sim - sem melindres ou vaidades - receber tais títulos. Mas no final, tornam-se praticamente invisíveis aos nossos olhos.


Mas quantos compartilhamentos você encontra nesse tipo de matéria? Quantas curtidas? Quantos comentários de prefeitos, padrecos e Mels 'defensoras de cães' sobre um profissional como esse?

E por que eu dou uma ênfase sobre esse assunto? Porque, com o passar dos anos e o peso da desvalorização dos defensores da sociedade - que finda nos ataques dessa mesma sociedade - acabamos por não acreditar mais em atitudes como essa. É a própria sociedade que acaba por nos afastar de valores que fazem parte da própria natureza policial - a mão amiga, o braço forte.

Os profissionais de segurança pública esmorecem a cada dia. E reconhecer cidadãos/profissionais como o Guarda Civil Marcos Moraes - e tantos outros - não é um direito dele, e sim um dever nosso!

-------------------------------------------------------------------------------------

'Fico com pena e levo pra casa': o guarda de SP que acolhe usuários de crack e moradores de rua

Felipe Souza - Da BBC Brasil em São Paulo: Com as mãos trêmulas, cobertor nos ombros e o olhar perdido, centenas de pessoas se aglomeram num quadrilátero de ruas estreitas no centro de São Paulo na busca incessante por uma pedra de crack. De uma farda azul marinho, cassetete e revólver na cintura, o guarda municipal Marcos de Moraes, de 51 anos, observa a multidão na cracolândia durante sua patrulha.

À distância, ele analisa o comportamento dos usuários de drogas que frequentam o local. Moraes se aproxima de alguns e oferece apoio para aqueles que mais o comovem. "Você aceita ajuda? Eu não estou brincando. Se você confiar em mim, eu posso te tirar das ruas", diz o guarda com firmeza na voz e olhar acolhedor, enquanto segura a mão de seu interlocutor.

Em oito anos na Guarda Civil Metropolitana (GCM), Moraes já encaminhou para abrigos, levou de volta para os braços da família e até para morar dentro de sua própria casa cerca de 50 usuários de crack e moradores de rua.

"Levo para casa mesmo. Sei que é um número pequeno, mas não me importo com quantidade, e sim com a qualidade. Quando pego um caso, vou até o fim", disse em entrevista à BBC Brasil.

O Facebook é uma das principais ferramentas que Moraes usa para encontrar as famílias dos moradores de rua. Mas os compartilhamentos na rede também o levaram a conhecer sua mulher, Karyne Santana Xavier de Moraes, 29. "Eu sempre compartilhava as postagens dele e a gente começou a conversar. Nos encontramos, namoramos dois anos e casamos", contou ela. Hoje, Moraes vive em uma casa alugada em Mogi das Cruzes (Grande São Paulo) com a mulher Karyne e o pedreiro Geraldo Martins, de 63 anos, que foi resgatado quando morava nas ruas de São Bernardo do Campo, também na Grande SP. Para ver a matéria completa, clique AQUI. Fonte: BBC Brasil.

-------------------------------------------------------------------------------------




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.