Sindguardas-SP: O cronômetro serviu apenas para a gestão anterior?

03/07/16 - Por Dennis Guerra: É de conhecimento de todos que, próximo ao final da gestão Kassab, o Sindguardas-SP mantinha em seu site um cronômetro que fazia a contagem para o término daquela gestão. A pergunta que eu me faço é, dada à indignação do efetivo com o atual governo, já não seria o momento de retomar tal marcador de tempo - ou ele serviu apenas para aquela gestão?



"... Desânimo - Sob condição de anonimato, o Estado conversou com um GCM que está há mais de 20 anos na corporação. Ele relata sobrecarga no trabalho e desânimo com a profissão. 'Quando a pessoa entra numa corporação policial, entra com uma vontade instigante de trabalhar. O salário parece bom no começo, se comparado com a iniciativa privada. Mas, quando você faz a relação com a responsabilidade que leva nas costas, fica indignado. Muita gente está saindo porque não aguenta mais ficar na corporação' ... 'Posso trabalhar no radar e no mesmo dia receber uma missão de ronda escolar. A carga de estresse é tão grande que muita gente pega licença. Com efetivo baixo e falta de concurso, quem está trabalhando, trabalha por duas ou três pessoas', disse..." Fonte: Estadão.



Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra