2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

06 agosto 2016

O que existe dentro do chamado Fluxo, na Cracolândia? [Atualizado com Operação das polícias Militar e Civil]

06/08/16 - Por Dennis Guerra: Operação das polícias Militar e Civil na Cracolândia apreende inúmeras armas, drogas e escancara ainda mais o que de fato ocorre naquele local. Mas quando se publica algo sobre determinado assunto, sempre existe a possibilidade que alguém venha a questionar a veracidade do conteúdo - por mais óbvio que seja. Mas, sempre sabendo que o mundo dá as suas voltas - e mais rápido do que possamos perceber, eis outros fatos vem e corroboram com os anteriores.

Veja também: Guarda Civil - Mais 'três para o pote' após denúncia de desmanche ilegal 


Haddad diz que desconhecia ação da polícia na cracolândia, em SP

Leandro Machado: O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou que desconhecia a operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas na cracolândia até o início da manhã desta sexta-feira (5), quando a ação já estava ocorrendo. Veja ainda: Donato comete 'fura-bumbice' ao se referir a capacidade da Guarda Civil Metropolitana em fazer o policiamento da Câmara Municipal

A operação foi feito em meio a um clima de desconfiança mútua entre a prefeitura e a polícia, do governo Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo a Folha apurou, investigadores suspeitam que servidores da prefeitura têm relação próxima com líderes do MSTS (Movimento Sem Teto de São Paulo), que ocupa o prédio do antigo Cine Marrocos e foi alvo da operação contra o tráfico de drogas. Fonte: Folha De S.Paulo


Durante patrulhamento, guardas civis dão cana a mais dois acusados de tráfico de entorpecentes

Você Repórter - Mikalkenas: Equipe da Guarda Civil - Inspetoria Regional Consolação/Pacaembu - conduz dois indivíduos acusados de praticarem Tráfico de Entorpecentes pelo na região do Vale do Anhangabaú. O caso foi registrado na 3° Delegacia de Polícia da região.

O que existe dentro do chamado Fluxo, na Cracolândia?


11/07/16 - Por Dennis Guerra: Cracolândia: local já bem conhecido na região central de São Paulo pelo uso de drogas, dentre elas o crack. Fluxo: Concentração de usuários. Rua Helvétia com Dino Bueno: O ponto crítico da Cracolândia, onde o fluxo se concentra. Mas, afinal, o que é o que existe dentro do Fluxo?



Fluxo é a forma como os próprios usuários e frequentadores denominam a concentração de pessoas naquele local. Basicamente é formado por dependentes químicos, traficantes e fugitivos do sistema prisional. Dentro do fluxo o consumo de crack e outras drogas tornou-se permissivo pelas atuais políticas adotadas. Veja ainda: ... em São Paulo e no Brasil, ser viciado é moralmente superior a ser pobre...


Ali a ideia é reduzir os danos causados pela droga sem, contudo, tirar do usuário o seu 'livre direito à escolha'. Também ali diversas ONGs atuam, com a constante visita de representantes da Defensoria Pública, Ministério Público, pessoas procurando por familiares que se tornaram vítimas do crack e pessoas que simplesmente visitam o local para doarem refeições e peças de vestuário, dentre outros. E mais: Tema do Estudo: Condições de Trabalho na “Operação Braços Abertos - Crack é Possível Vencer - Por Jefferson Amaral Guerra

Os prédios que cercam as ruas são extensões do que ocorre na via. Muitos estão ocupados não mais pelos antigos moradores, que se retiraram da região, e sim por pessoas que beneficiadas pelas políticas de atendimento. E: Roubo no centro de São Paulo: Perseguição e disparos de arma de fogo - Criminosos presos pela Polícia Militar (Atualizado com vídeo)

Seria indescritível tentar explicar para um leigo qual é exatamente a sensação de quem se aproxima do local. Forte odor de urina, a fumaça dos entorpecentes no ar, o lixo que se acumula em poucas horas - e é constantemente retirado por funcionários da limpeza pública - e as pessoas que se deleitam ao uso da droga, jogadas no chão molhado, pisando na água insalubre que escorre. Até a visão de pombos se lavando nessas águas lhe traz um certo desconforto, imagine pessoas em contato com o líquido.



Duas imagens do mesmo local. A primeira logo após a saída do Fluxo para a limpeza do local e a segunda após a passagem dos funcionários da limpeza pública. Na terceira - abaixo - o mesmo local poucas horas depois. Fotos: Dennis Guerra.

Nota do Editor - Por motivos de segurança de todos que trabalham ali, nenhuma foto da concentração de usuários é permitida.

Ao olhar cada dependente químico - aquele realmente a qual deverá ser entendido como um real problema de saúde pública - você perceberá o ponto mais obscuro da natureza humana. Olhares perdidos, diálogos com figuras invisíveis, a riqueza encontrada no lixo e em coisas que parecem totalmente insignificantes à qualquer pessoa indiferente àquele lugar.

É organizado pelo chamado 'sintonia', pessoa que determina as regras que devem ser seguidas. Por exemplo: Se uma criança casualmente adentra o local, imediatamente ouve-se um aviso - "ANJO" - e ninguém ali deverá importunar essa criança. Isso não impede que outras crianças sejam admoestadas pelo uso de drogas - muitas das quais já subjugadas pela criminalidade.


Caso naquele momento esteja ocorrendo uma briga, por quaisquer motivos, e os envolvidos não cessarem, eles são removidos a ponta pés da concentração. Ele também é o responsável, muitas vezes, por interagir com o Poder Público. Sem o seu 'aval', muito do que deveria ser realizado não ocorreria.

A qualquer momento ele pode 'Levantar ou Virar o Fluxo', que é momento no qual as pessoas ali concentradas atacam os agentes públicos com pedras e pedaços de madeira.

A Cracolândia - assim como o fluxo - é um claro exemplo da extensa batalha travada entre o Poder Público e o 'grande mal' da sociedade moderna - o alto índice de consumo de drogas. Só nos resta saber quem vencerá. Por enquanto, o que nos resta é avaliar o comentário de um agente público que trabalha pelo local.

"Não me sinto bem aqui. Eu não nasci para isso. É como se tudo o que eu acreditasse estivesse indo para o ralo, junto com a água do caminhão-pipa". Anônimo.



Um comentário:

  1. Mas tudo isso já era sabido, quem abastecia aqueles zumbis que ficavam fazendo uso de drogas a vistas de todos que passam no local. A quem interessava a proibição dos GCMs dentro do maldito fluxo? Alguém tomou uma posição de relevância e veio a tona o segredo que se guardava dentro do fluxo. Penso logo Existo(René Descartes)

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.