Major Olimpio: estamos presenciando GCMs acuados

08/07/16 - Encaminhado por Wesley Silva: Pré-candidato criticou a proibição do uso de armas letais pelos guardas. O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo e parlamentar Major Olimpio (Solidariedade) criticou as últimas ações da atual gestão do prefeito Fernando Haddad (PT), que proíbe a GCM de usar armamento letal e também de realizar perseguições a veículos que estiverem em atitude suspeita. 


A medida foi publicada no Diário Oficial de sábado (2) após casos de abusos por parte da instituição e que resultaram na morte de um menino de 11 anos. Veja ainda: Após a tempestade, um novo campo de debate se abre para as guardas municipais - Especialistas rebatem a Portaria 038/07/2016

Para o político, “a portaria é equivocada” e passa a mensagem de que os guardas “não podem fazer a segurança adequada”. “Qual é o recado que ele deu aos guardas? Que eles se omitam, não façam nada. Estamos presenciando policiais acuados”, disse Major. E ainda: AAPOL formaliza denúncia contra a Corregedoria GCM na Polícia Civil - Atualizado com vídeo

Sobre a morte da criança pelo guarda, Olímpio acredita que esse tipo de caso precisa ser apurado. “O resultado de morte sempre é trágico. Mas é preciso apurar, conferir os laudos, ouvir testemunhas e descobrir se houve exagero. O que não podemos fazer é generalizar e criar essa portaria”, explicou. O pré-candidato esteve no Grupo Bandeirantes de Comunicação nesta sexta-feira (8). Fonte: BandTV.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra