2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

20 julho 2016

Denúncias contra a Correge - Embate entre Sindguardas-SP e AAPOL continua. Enquanto isso, o Prefeito Haddad se irrita com presença de candidatos

20/07/16 - Por Dennis Guerra: Enquanto a AAPOL continua a fazer denúncias contra a Corregedoria da Guarda Civil Metropolitana - com o apoio dos advogados Marcos Manteiga e Raul Marcolino - alguns representantes do Sindguardas-SP continuam a defender a tese de que não haveria a necessidade de acionamento da PMESP, gerando uma exposição desnecessária, e ainda que declarações do presidente da AAPOL seriam falácias, não condizendo com a verdade dos fatos. Veja também: Polêmica - Caso envolvendo acusações de abuso na Corregedoria GCM/SP gera grande repercussão nas redes sociais

Enquanto isso, os candidatos remanescentes do concurso GCM 2013 continuam a acompanhar a agenda do prefeito Fernando Haddad. Na última ocasião, o prefeito demonstrou-se irritado com a presença dos candidatos.


Candidatos comemoram o Dia do Amigo no acampamento

Analisando o caso mais a fundo

Ainda sobre a impressão geral dos participantes do Grupo O Cão De Guarda Notícias Whatsapp sobre o tema envolvendo o Sindguardas-SP e a AAPOL, seguem-se as seguintes linhas de raciocínio:

- Por quais motivos, após tanto tempo de inércia, a Associação de Apoio ao Policial - AAPOL retorna gerando tanta polêmica em tão pouco tempo? Alguns chegam a questionar o presidente Eliazer Rodella sobre as suas reais intenções nesse 'súbito' interesse nas causas coletivas e todo o tempo no qual ele poderia ter sido muito mais participante nos interesses da categoria. Um ponto muito importante é que pessoas vem considerando que a exposição desnecessária da imagem institucional só traz prejuízos a corporação - sugerindo, inclusive, que o presidente vem pregando mentiras nas redes sociais. Outros, que as mazelas internas devem ser sim trabalhadas a fundo, pois só dessa maneira as injustiças cessariam. Muitos consideraram também o fato dele ser pré-candidato a vereador pela cidade de São Paulo, e por isso estar indo para o tudo ou nada. Característica: Sensacionalismo.

- Uma segunda linha de raciocínio faz sugerir que os representantes sindicais, preocupados com a grande repercussão do caso, estariam tentando minimizar os resultados positivos das ações tomadas pela AAPOL, principalmente pelo o seu presidente. A justificativa para esse entendimento seria uma possível perda de associados. Em várias ocasiões, inclusive, foram levantadas discussões sobre o contrato da entidade e os valores cobrados em determinado processo - que estariam 'muito além da realidade', parecendo até mesmo que a livre concorrência não caberia às associações representativas. Característica: Táticas de Guerrilha.

- Por fim, a terceira forma pela qual essa situação vem sendo analisada é de que existe uma imensa 'briga de egos' por parte das duas associações, na qual quem perde é única e exclusivamente o guarda civil. Se afirma ainda que, se fosse realmente pelo bem comum, haveria uma maior sintonia entre as ações. Característica: Imparcialidade.

E você, o que pensa a respeito? Mande o seu ponto-de-vista para o Whatsapp 11 955801702 e tenha o seu comentário publicado aqui. O seu nome será mantido no mais completo sigilo. Veja algumas opiniões abaixo:

"Meu pensamento sobre este caso é: por anos enquanto um que é nítido ser petista, fez oposição ferrenha ao antigo prefeito Kassab e secretário Ortega por bobeira coisas se comparada hoje, agora nesta gestão onde o partido do poder é o mesmo partido eles ficam minimizando tudo como se nada de errado estivesse acontecendo! Triste ver alguns acovardados pelo simples fato de achar que a guarda é associado, o que não é! A guarda é e sempre será dos guardas e da cidade de São Paulo, concluindo penso que a nova associação está fazendo aquilo que o outro deveria fazer e não faz por omissão, conveniência, interesses pessoais, avante todos nesta luta, pois está luta e dos guardas para melhorar a guarda"

"Creio que o momento agora seja pra unir forças e essa briga entre associações é desnecessária e quem perde é o guarda! O despacho do Juiz* vem reforçar que o estado é o primeiro a reprimir uma força de segurança legítima e que nós não podemos tolerar e aceitar.e combater de forma legal e limpa melhorias pra corporação e pra própria sociedade, pq o cidadão de bem foi quem mais perdeu nisso tudo! Então menos vaidade e mais ação. Grata" Nota do Editor OCDGN: Referência à decisão judicial a favor da Portaria 038/07/2016 SMSU.

"A minha opinião: briga de egos, um quer fazer mais que o outro e consequentemente aparecer mais".

"É óbvio que o pré-candidato está querendo ser visto, para ser lembrado nas próximas eleições"!

"Primeiro, ele agora chegou no topo não tem mais como tomar rasteiras, então agora ele pode tocar o dane-se para cima dos caras. Segundo não entendo esta união súbita do entre as antigas associações, nunca foram amigos sempre trocaram farpas e agora parece amigos de infância isso sim é estranho. E quem perde são eles, pq divide mais a grana dos associados, e nós acabamos saindo na vantagem de ter uma outra linha de raciocínio".

"Minha opinião e quase tão confusa qto o tema. Creio que ocorre um ponto das três linhas. Vejo interesses políticos tanto em uma quanto na outra e não sei se sou pessimista ou estou sem fé mesmo em alguém ou alguma associação que nos defenda por puro altruísmo ou correligionarismo, vejo tudo isso como um grande circo e que o foco principal que é a causa dos guardas alvos de processo de exoneração ficou em segundo plano".

Por Eliazer Rodella: A AAPOL traz o seguinte embora para quem acha certo os abusos da corregedoria nada adianta pois até o momento não VIRAM QUE A ADVOGADA ESTAVA LÁ PARA DEFENDER UM GCM E FOI IMPEDIDA, mas, porque se importar com esse GCM? Contudo vamos postar para esclarecimento 

Caros colaboradores, eu até gostaria de propor uma linha de debate, mas vejo que não é possível, pois as perguntas são feitas repetidas vezes idênticas a anterior, perguntado onde estaria o nome do Corregedor, postei o BO do dia, mas mesmo constado ali, ainda indagaram onde estaria. Achei conveniente destacar a parte e disseram que estaria fracionando o documento, a verdade está aí para quem quiser enxergar, mas para alguns fica difícil pois não sabemos em qual front estão, o meu está bem definido é pela GCM. Perguntam o porquê de ter guarda envolvidos no BO, por questão óbvias de estarem a frente da ocorrência participaram dos fatos, mas em nenhum momento perguntaram de quem é o interesse da advogada estar lá na corregedoria defendendo! Seria do GCM ou dela própria?

Contudo, se causei alguma dúvida nos áudios enviados por desatenção a qualquer fato, peço desculpas, mas isso tudo foi feito em prol de apenas uma causa, combater as ilegalidades de forma tirânica por parte das ações do Corregedor, mas estou vendo que ao invés de atentarem a este fato - da AAPOL estar lá defendendo os interesses de profissionais da Guarda Civil - tentam ludibriar o entendimento dos fatos, através de diálogos cansativos e infundados; se houve GCMs que compareceram ao DP, é porque seriam pertinentes a elucidação dos fatos, cabe a autoridade Policial tipificar cada qual no rol de acordo com o seu entendimento, se houve ilegalidades por parte de qualquer um, na esfera jurídica será desvendado, desde o início confirmamos que em todos os áudios foi sempre centralizado na pessoa do Corregedor o qual entendemos que é responsável pelos atos da CGGCM. Fonte: Grupo O Cão De Guarda Notícias Whatsapp.

Nota do Editor OCDGN: Fora solicitado um texto aos representantes do Sindguardas-SP, apresentando o seu entendimento sobre o caso, ao que afirmaram que não o fariam por não existir necessidade para tal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.