'GMC/GCM assasina' - O fenômeno do analfabetismo funcional aliado ao assistencialismo oportunista

21/06/16 - Por Dennis Guerra: A coisa real começou a dar as caras. Depois de uma semana onde a grande mídia - provocada por assistencialistas oportunistas - divulgou que a Guarda Civil Metropolitana vinha retirando cobertores de moradores de rua, diferentemente do que o próprio Comandante Geral da corporação já havia explicado. Veja também: Sociedade paulistana: Colhendo os frutos - e cobertores!

Agora os próprios moradores, frequentadores e comerciantes da cidade estão reclamando dos mesmos materiais que ficam jogados nas ruas e calçadas, prejudicando os pedestres. Mas, se eu não me engano, são essas mesmas pessoas que apedrejaram a imagem da corporação municipal, mesmo sendo afirmado que o seu trabalho era justamente trazer segurança aos funcionários da Prefeitura encarregados dessa limpeza.

O Padre Júlio Lancelotti ainda comenta em periódico que "... a Prefeitura estaria colocando os voluntários contra os moradores de rua...". Discordo. Os voluntários estão apenas descobrindo aquilo que já era sabido. Veja as imagens divulgadas através das redes sociais. Veja ainda: Comunicação Organizacional - Quem não se comunica, se trumbica!

A primeira imagem é uma das mais interessantes, pois ela demonstra o que uma sociedade na qual uma grande parte de seus integrantes é composta de analfabetos funcionais - GMC/GCM assasina! - que, se encontram dificuldades em entender textos simples, o que se dirá de algo mais complexo - que são os interesses escusos por trás de tais movimentações supostamente, assistencialistas. E mais: E mais uma vez, são os agentes públicos que acabam por carregar o peso dos pecados do mundo! - II


Reprodução de jornal mostrando 'o outro lado' da estória - aquele já já sabíamos!





Comentário sobre reportagem da Folha e reprodução das palavras de morador de rua.
O vídeo não será reproduzido no OCDGN por questão de direitos autorais, mas você poderá saber mais clicando AQUI.

Defina em uma palavra as imagens abaixo, onde o Guarda Civil Marcos Antonio Pinto de Moraes aparece dando apoio aos moradores de rua e que o Padre Júlio Lancelotti finge não existir!






Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra