Ex-ministro da Justiça diz que renomado jurista “Tomás Turbando” defende Dilma Rousseff

17/06/16 - O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo passou uma vergonha histórica na sessão desta quinta-feira da Comissão Especial do Impeachment. Ao citar as teses que endossariam a defesa de Dilma Rousseff no julgamento das pedaladas fiscais, o petista evocou o “conceituado” jurista Tomás Turbando. Nem preciso explicar. Veja também: E mais uma vez, são os agentes públicos que acabam por carregar o peso dos pecados do mundo! - II






Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra