26 maio 2016

Ministério Público 'determina' exoneração do chefe Guarda Municipal de Cruz das Almas (BA) por descumprimento da Lei 13.022/14

26/05/16 - Com base na Lei Federal 13.022/14 o Ministério Público da Bahia atendeu a denúncia movida pelo GCM Luis Mendes da Guarda Municipal de Cruz das Almas, na qual denunciou a Prefeitura por nomear uma pessoa que não é guarda municipal de carreira para assumir o comando da GCM. Veja também: Traficantes são presos em ação conjunta entre policiais militares e guardas civis

Atendendo ao pedido, o Ministério Público acatou a informação e recomendou a Prefeitura de Cruz das Almas a exonerar de imediato o Sr. Orlando Oliveira de Cavalcante, que não é guarda municipal, do cargo de chefe da GCM, uma vez que esse cargo deve ser ocupado obrigatoriamente por um GCM de carreira. Para saber mais, clique AQUI. Fonte: Febaguam.




0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.