Ministério Público 'determina' exoneração do chefe Guarda Municipal de Cruz das Almas (BA) por descumprimento da Lei 13.022/14

26/05/16 - Com base na Lei Federal 13.022/14 o Ministério Público da Bahia atendeu a denúncia movida pelo GCM Luis Mendes da Guarda Municipal de Cruz das Almas, na qual denunciou a Prefeitura por nomear uma pessoa que não é guarda municipal de carreira para assumir o comando da GCM. Veja também: Traficantes são presos em ação conjunta entre policiais militares e guardas civis

Atendendo ao pedido, o Ministério Público acatou a informação e recomendou a Prefeitura de Cruz das Almas a exonerar de imediato o Sr. Orlando Oliveira de Cavalcante, que não é guarda municipal, do cargo de chefe da GCM, uma vez que esse cargo deve ser ocupado obrigatoriamente por um GCM de carreira. Para saber mais, clique AQUI. Fonte: Febaguam.




Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra