Guarda Civil participa de simulação de atentado terrorista no Metrô em SP

07/05/16 - Explosão de bomba foi simulada na estação Butantã, na Linha 4-Amarela. Exercício teve cem figurantes, alguns deles maquiados com 'ferimentos'. Veja também: O amparo necessário ao profissional de segurança


A Polícia e os Bombeiros realizaram na manhã deste sábado (7) uma simulação de atentado a bomba que contou com 300 pessoas na estação Butantã do Metrô, na Zona Oeste de São Paulo. O exercício teve participação de cerca de cem figurantes se passando por vítimas, alguns deles com ferimentos feitos com maquiagem. Veja ainda: Evento na Câmara Municipal de São Paulo marca a aposentadoria de cães policiais da Guarda Civil [Atualizado com vídeo]


"A finalidade é promovermos a coordenação, a integração, entre todos os órgãos, todas as entidades que podem estar envolvidas precisam ser acionadas com agilidade no caso de um acidente de maiores proporções", afirmou o presidente da concessionária ViaQuatro, Harald Zwetkoff. Segundo ele, um exercício com essas proporções nunca foi feito. "Nós não temos histórico desse tipo de ação no Brasil e nem aqui em São Paulo. Ou seja, nós não somos alvos de ações como essa. mas algumas pessoas que nós vamos eventualmente transportar durante a Olimpíada podem ser alvo, sim", disse Zwetkoff em entrevista ao SPTV. Para saber mais clique AQUI. Fonte: G1.



"As nossas equipes de Canil tiveram 100% de aproveitamento na simulação, localizando todas as vítimas previstas com rapidez e eficiência" Inspetor Lourenço - Comandante Canil GCM/SP



Fotos: Equipe no local.




Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra