Falta de efetivo: GCM hoje está menor que 12 anos atrás!

10/05/16 - O tempo passa, a Cidade de São Paulo cresce, surgem novas demandas de serviço público diariamente e a Guarda Civil Metropolitana corre na contramão disso tudo, porque o efetivo da corporação é decrescente desde 2004. No último ano do governo Marta Suplicy, inclusive quando o atual Secretário de Segurança Urbana gerenciava a mesma pasta, o efetivo da Guarda Civil Metropolitana era de 6183 trabalhadores. Doze anos depois, em um cenário em que a população paulistana aumentou quase 1 milhão de pessoas, o efetivo da mesma corporação é de 6076 trabalhadores. Veja também: Haddad afirma que GCM 'não pode fazer policiamento de rua' e Vereador Ari Friedenbach manda a resposta!

Nesse intervalo, não cresceu somente a população, mas ampliaram-se também todos os problemas de uma metrópole, especialmente no campo da segurança urbana. Então, entende-se porque a Guarda Civil Metropolitana acumula hoje muitas atribuições que não fazia naquele momento, como o policiamento ambiental, de posturas municipais, de mediação de conflitos, de fiscalização de trânsito e, principalmente, de Redução de Danos, com o atendimento na Nova Luz, conhecida como cracolândia. Veja ainda: O amparo necessário ao profissional de segurança

Aí é que está o problema: aumentaram as demandas e reduziu o efetivo. Resultado: profissionais esgotados física e psicologicamente, desmotivados, acumulando até o absurdo de 600 horas extrapoladas, sem conseguir gozar folgas. Quem paga o preço, além dos trabalhadores da Guarda Civil Metropolitana, é a população paulistana. E mais: Concurso para Guarda Municipal de Dois Córregos (SP) são 26 vagas, salário R$ 1.778,55 mais adicionais

O Prefeito Haddad abriu concurso para a contratação de 2000 novos GCMs na sua gestão, mas na iminência de termina-la, contratou menos de 500 novos profissionais. Com essa atitude de DESGOVERNO, conseguiu deixar a Guarda Civil Metropolitana com um efetivo menor que o da Prefeita Marta, de 12 anos atrás.


No mês de Fevereiro passado, o Secretário Benedito Mariano fez um compromisso público de contratação de pelo menos 500 novos GCMs, podendo este número chegar a 1.000, mas o que vemos é só promessa e enrolação por parte do governo. Muito se fala, nada se contrata!

ATÉ QUANDO PREFEITO HADDAD? VAI DEIXAR SUA PRINCIPAL INSTITUIÇÃO DE SEGURANÇA ESMORECER? VAI DEIXAR A CIDADE MAIS INSEGURA?

Queremos a contratação imediata, ou será que precisaremos aguardar um novo Prefeito? 
SINDGUARDAS-SP TRABALHANDO PARA VOCÊ! Fonte: Sindguardas


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra