04 abril 2016

Governo não cumpre a promessa de contratar novos GCMs

04/04/16 - Passou-se o dia da mentira e a verdade vem a tona: O GOVERNO NÃO CUMPRE A PRÓPRIA PALAVRA! Durante o mês de Fevereiro, os candidatos aprovados no concurso de 2013 se mobilizaram e, com o apoio do Sindguardas-SP, organizaram um dia de atos para chamar a atenção do governo para a demora na contratação, iniciando com um doação de sangue em grupo no Hospital das Clínicas e prosseguindo com passeata até a sede do Sindguardas-SP, onde se reuniram e destacaram uma comissão para conversar com o Secretário de Segurança Urbana, Benedito Mariano. Fonte: Whatsapp. Veja também: Explode a bomba - Matéria do Diário de S. Paulo fala do efetivo reduzido e armamentos da Guarda Civil Metropolitana

O Secretário recebeu a comissão e informou que havia emitido o comunicado 046, no dia anterior, que tratava do compromisso do Prefeito em chama-los ainda no mês de Março. Além deste comunicado interno a Prefeitura de São Paulo anunciou em diversos meios de comunicação que convocaria novos GCMs ainda em Março, que inclusive teria planos de contratar 1000 dos candidatos aprovados no concurso de 2013. Veja ainda: Redes sociais - A Pirâmide de Maslow e as Guardas Municipais

Acabou Março, começou o dia da mentira, acabou o dia da mentira e nada de convocação. Será que o nosso Prefeito vai prorrogar o dia da mentira para MÊS DA MENTIRA?

Nós queremos um cronograma, Prefeito! Tanto os GCMs da ativa quanto os candidatos querem um compromisso com datas marcadas que seja cumprido por parte do governo, para a contratação de novos profissionais! O piano está cada vez mais pesado!

------------------------------------------------------

CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL

ASSUNTO: PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA - 2016

Sindguardas-SP convoca todos(as) os GCM(F)s  para ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA. DIA: 08 DE ABRIL DE 2016 (SEXTA-FEIRA)
HORÁRIO: 19H00. LOCAL: AUDITÓRIO DO Sindguardas-SP
(Rua Cel. Xavier de Toledo, nº 84 – 3º andar)

PARTICIPE!
------------------------------------------------------

Não dá pra entender, nem aceitar que a Prefeitura da maior cidade do país gaste milhões com empresas de segurança privada, cuja atribuição é acionar a Guarda Civil Metropolitana quando tem alguma ocorrência nos equipamentos em que deveriam dar segurança, e não convoca os 1500 aprovados remanescentes do concurso de 2013, sendo esta uma das metas da gestão.


Enquanto isso, na Guarda Civil Metropolitana os profissionais trabalham sem folga, extrapolam a jornada de trabalho todos os meses e como recompensa, muitas unidades escondem o "banco de horas" para o profissional não folgar. É muito trabalho para pouca gente e cada vez temos um número menor de profissionais. E mais: Eu tenho outros 500 motivos para Dar O Meu Sangue Por São Paulo!

É um problema crônico da corporação, recebemos reclamações de todas as unidades operacionais e a campeã tem sido a Inspetoria Regional do Butantã, onde o efetivo não consegue folgar, muitos acumulam horas no banco de horas e na questão operacional é o mais triste: CUMPRA-SE, CUMPRA-SE E SE NÃO DER, CUMPRA-SE

Na escala de fiscalização com o radar móvel, a determinação do Comando Geral é para que seja feito um revezamento entre equipes, onde cada equipe trabalhe 3 ou no máximo 6 horas fiscalizando, mas na Inspetoria do Butantã os GCMs fazem 12 horas diretas de fiscalização. Será que o chefe da unidade passaria 12 horas na ponte, nesse calor de 34º?  A propósito, pra onde estão indo os recursos das autuações. Pra GCM é que não é. Não bastasse a omissão do governo em contratar, alguns chefes ainda conseguem desmotivar os poucos profissionais que tem. Dá-se qualquer nome a isso, menos Gestão.

A imagem ao lado foi compartilhada em diversas redes sociais. Fonte: Facebook.

O Prefeito diz não ao GOLPE, agora queremos ver se vai dar o GOLPE na Guarda Civil Metropolitana e nos candidatos aprovados! Queremos uma resposta, Prefeito, queremos um cronograma! Sindguardas-SP TRABALHANDO PARA VOCÊ!


0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.