2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

23 março 2016

A Coragem e a Covardia - V

23/03/16 - Por Gilberto C. Almeida: Desta vez iniciarei o texto reafirmando minha pública admiração pela pessoa do Ilmo. Sr. Sanenari Oshiro, em face de sua inabalável personalidade e de seu inatingível caráter e responsabilidade. Oshiro! A cada dia que passa a atual administração somente alimenta cada vez mais nossa proximidade laboral já para o exercício 2017. Estou contando os minutos, além de continuar desejando toda sorte do mundo aos fiéis seguidores. Veja também: Aposentadoria Especial - Decisão Política ou Jurídica?

No texto A CORAGEM E A COVARDIA 3, descrevi que dizem que o castigo tarda, mas não falha, e ou aqui se faz, aqui se paga, devendo ressaltar que tais assertivas estavam voltadas àqueles que contribuíram para que nossa carreira ficasse estagnada por mais de 10 (dez) anos, por ação e ou por total omissão. Em mesmo sentido, vez que até o momento desconheço qualquer medida reparadora, mas com profundo sentimento de decepção e tristeza, reafirmo o que publiquei no texto passado, acima referenciado, conforme segue:

“... o que me deixa pasmo é o fato de os Inspetores de Agrupamento terem sido vergonhosamente excluídos do Edital do concurso interno ... o que fizeram de concreto para reverter tal quadro de exclusão? Pelo que sei, até o momento, de concreto, nada. Neste contexto lamento que me parece estarem gostando de continuar vivenciando a terrível sensação de serem excluídos...”.

"Não concordo com seu posicionamento de que não há qualquer movimentação por parte de alguns IAs que não foram contemplados no acesso. Não se pode afirmar o que não se sabe de concreto. Você me conhece muito bem e sabe que não sou de ficar quieta nem calada diante de injustiças, principalmente quando diz respeito à minha pessoa. Tal posicionamento seu causa estranheza e me deixa de certo modo magoada. Porém o tempo é o senhor da razão e creio que verá a prova disso em curto espaço de tempo". Por Lidia Gouvea - Facebook.

Com fundamento no aqui exposto é fácil concluir porque nossa Guarda Civil Metropolitana, até a presente data, sequer adquiriu o status de Corporação, e porque continuamos dependentes administrativa/operacionalmente de políticas externas que não coadunam com os anseios daqueles que dedicam sua vida em face de um ideal. Veja ainda: Respeito e Compromisso - É o que esperamos, ainda mais, daqui para a frente!

Mais uma vez tenho que afirmar que até o momento não chegou a meu conhecimento qualquer iniciativa no sentido de tornar sem efeito tudo que é e ou seja pertinente ao atual concurso interno em andamento. Lamento que ainda irá prevalecer o dogma “quem pode mais chora menos”.

Sou ser humano como qualquer um dos aqui leitores, consequentemente também já cometi erros de várias ordens, mas têm alguns que jamais irei me permitir reincidir, na medida em que aprendi de forma dolorosa o que são máscaras. Um dos aspectos que não mais incidirei em erro é quanto acreditar nas atuais pessoas que se dizem representativas de nossos interesses coletivos e nas pessoas de nossa GCM que se dizem defensores de nossos interesses internos e externos, pois a única coisa que verdadeiramente defendem são seus próprios interesses.

Não aceitem ser moeda de troca. Não admitam ser moeda de troca. Aprendam a exigir posturas concretas. Quanto àqueles que se dizem desejar nos representar politicamente, caso ainda não tomem medidas que atendam o anseio coletivo, além de não votarem em tais pessoas, não mai se comuniquem. Esqueçam dele e ou deles. Quanto às Entidades representativas de interesses coletivos, procurem tomar conhecimento de quando ocorrerá a próxima eleição, e vamos substituí-los, pois as Entidades não são culpadas. Culpados são os atuais Gestores, mas cuidado, pois quaisquer deles criaram mecanismos de blindagem.   

Agora mais do antes, ratifico referência relativa a meu gene herdado da Ilma. Sra. Mãe Diná, publicada no Texto A CORAGEM E A COVARDIA 3, onde expressei que "... até o final deste ano tomaremos conhecimento de 3(três) notícias que irão corresponder à concretização de nossos sonhos...”

Ratifico que nosso Tribunal de Contas do Município-TCM é competente para análise do Edital de concurso interno, bastando apenas ser provocado. Além do TCM, sem necessidade de qualquer autorização superior, qualquer interessado pode ir diretamente à Ouvidoria Geral da PMSP, situada à Av. São João, Nº 473, 16º andar,  e ou à Ouvidoria Geral da GCM, situada à Rua Augusta, Nº 435, cabendo destacar que, sem dúvida alguma, indicaria nosso Respeitável Ministério Público Estadual, situado na Rua Riachuelo, Nº 115 – Centro, pois a resposta terá um alcance jurídico mais amplo, principalmente em relação a este monumento de ilegalidade, e para tanto basta levar os seguintes documentos:
  • Cópia da Lei que reestruturou nossa GCM;
  • Cópia do Decreto que regulamentou a Lei, acima mencionada;
  • Cópia  do COMUNICADO – 005/2016 – CFSU;   
  • Cópia do COMUNICADO 001/SMSU – DTRH – TD/2016;
  • Cópia de seu último Demonstrativo de Pagamento;
  • Cópia da Identidade Funcional;
  • Cópia do Edital de Promoção Vertical;
  • Cópia da publicação pertinente ao resultado relativo à Promoção Vertical;
  • Agora o mais difícil em razão do medo que tomou conta de nossa GCM (Apesar de não necessário, mas seria interessante que um grupo de apenas 4 (quatro) e ou 5 (cinco) interessados prejudicados compareçam ao Ministério Público Estadual, das 09:00 às 17:00h). Quem lá comparecer ficará abismado de como é simples exterminar qualquer forma de ilegalidade, e para tanto, através de superficial análise, elenco as seguintes ilegalidades suficientes para exterminar o atual processamento, conforme segue:
  • Jamais poderiam pontuar curso que não foi ofertado em igual direito a todos, além de poder ser questionado se na atual Categoria de fato alguém realizou algum curso;
  • Ocorreu a absurda exclusão daqueles que não puderam fazer o EQP;
  • Absurda exclusão de parte das Categorias, vez que todos são iguais perante a Lei;
  • Absurda exclusão daqueles que se encontravam de Licença Médica, especialmente os afastados por Acidente de Trabalho.

Após exterminado não esqueçam de me retornar, pois quero ter o máximo prazer em lhe dizer: EU NÃO DISSE!.

Antes que o presente processamento seja exterminado, gostaria de parabenizar nosso Ilmo. Sr. Comandante Geral, Gilson Pereira de Menezes, por sua brilhante colocação, e gostaria também de externar meus mais sinceros elogios ao autor das normatizações que regularam o presente processamento, pois sem dúvida alguma fez um bom trabalho. Agora vou tranquilamente descansar aguardando o total extermínio do ilegal processamento da Promoção Vertical, e desejando àqueles que ainda conseguem se olhar em um espelho que Quem luta está sujeito à morte, mas quem não luta já está morto

Àqueles que, em relação a minha pessoa, em determinada oportunidade expressaram: deixa que se foda sozinho, também desejo toda sorte do mundo, mas cuidado para não perceber que já morreu e ainda não percebeu, cabendo ressaltar que a história que estamos subsidiando é baseada em fatos. São Lourenço da Serra, 22 de março de 2016. 

Gilberto Carneiro de Almeida. Fonte: Facebook.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.