2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

12 fevereiro 2016

Concurso GCM/SP - Doação de sangue voluntária e um só grito: Quero dar o meu sangue por São Paulo!

12/02/16 - Por Dennis Guerra: Em 23/02/16, ocorrerá no Hospital das Clínicas, em São Paulo, uma doação voluntária de sangue voluntária intitulada Quero Dar o Meu Sangue Por São Paulo. A campanha foi idealizada pelos candidatos a guarda civil aprovados no Concurso de 2013 - Guarda Civil Metropolitana. Saiba mais no vídeo abaixo. Veja também: Matéria do SPTV sobre a falta de GCMs




Debate com o Presidente do Sindguardas no Grupo O Cão De Guarda Notícias - Whatsapp

08/02/16 - Por Dennis Guerra: Rápida entrevista realizada com o senhor Clóvis Pereira, Presidente do Sindguardas-SP, no Grupo O Cão De Guarda Notícias - Whatsapp. Veja também: Guarda Civil Metropolitana - Retroativos da Nova Carreira serão pagos em fevereiro

Por Dennis Guerra: Sobre o comunicado do Sindguardas-SP, no trecho que diz: "...Essas evoluções solidificam a nossa carreira da Guarda Civil Metropolitana em atos administrativos internos e rotineiros, promovidos todos os anos, independente de vontade política. Essa foi, sem dúvida, a maior vitória da reestruturação...", uma pergunta: 'Independente de vontade política' significa que se não abrirem concursos ou a Aposentadoria Especial não for contemplada, isso não interfere no processo?

Por Clóvis Pereira: No processo não, Guerra. pode interferir na quantidade de vagas oferecidas. É claro que com um efetivo, com a carreira estabelecida por proporcionalidade , com um efetivo maior, a quantidade de vagas disponíveis nos níveis também serão maiores. O que não haverá mais é a vontade do gestor de plantão em abrir ou não abrir os procedimentos de evolução.

Por Dennis Guerra: Então, de uma forma indireta, interfere. Seria isso?

Por Clóvis Pereira: Não contratar, interfere na existência da corporação. Se não tiver gente na corporação não há carreira. Por isso o nosso foco principal, neste momento, é agilizar a contratação dos 1500 aprovados do concurso que estão aguardando ser chamado. a contratação destes 1500 candidatos, por si só criarão 450 vagas de CD para o ano que vem.

Por Dennis Guerra: Entendi a sua observação. Todavia, me pareceu um tanto evasiva. Logicamente que se não há contratação, a corporação está fadada a extinção. A questão é que, de uma forma ou outra, existe implicação indireta no processo. Não estou afirmando que isso seja uma falha da nova carreira, apenas que existe essa implicação. Estou correto?

Por Clóvis Pereira: Sim. esta é uma coisa que eu sempre disse. Que não há plano de carreira que resolva o problema da falta de contratação e não dá pra colocar na lei a obrigação de contratação.

Outros: Porque não foi colocado na lei da reestruturação a obrigatoriedade da abertura de concurso de pelo menos 500 por ano, como na PM que todo ano abre concurso?

Por Clóvis Pereira: Esta sempre será uma decisão de governo. Cabe a nós exercer pressão para que sejam sempre abertos concursos. Fonte: O Cão De Guarda Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.