07 janeiro 2016

Polícia no Brasil é 'um corpo caído no chão frio, ao lado do sangue quente'

07/01/16 - Por Coronel Telhada: O texto abaixo foi publicado no Instagran do meu filho, 1° Tenente Telhada. Veja também: Cracolândia - Estudo de caso e condições de trabalho

-------------------------------------------------------------

Me desculpem por essa publicação, me desculpem pela agressividade dessa imagem, me desculpem pela realidade nua e crua que venho a expor nesse post, me desculpem meus amigos pelas cores apresentadas tantas vezes já nesse ano de 2016, o cinza bandeirante e o vermelho. Veja ainda: 2015 / 2016



Não costumo publicar assuntos nesse tema, mas em alguns momentos temos que nos apresentar e não podemos deixar certas situações passar em branco. Estamos no dia 06 de Janeiro e já temos 04 policiais militares mortos em confronto com bandidos. Essa imagem não é montagem, não é computação gráfica nem desenho, é a pura realidade que vivemos hoje em São Paulo e no Brasil, um corpo de um guerreiro caído no chão frio ao lado do sangue quente que corre e escorre. Que realidade dura!! Que difícil de digerir algo tão doloroso! o cinza bandeirante da farda com o vermelho vivo do sangue! Esse sangue nunca deveria ter saído das veias desse soldado! Era um policial militar, um defensor da sociedade, um Soldado que todos nós perdemos nessa guerra que atinge a todos! A realidade é minha e sua, do policial, do bandido, do civil! Ninguém se esquiva das consequências de um conflito urbano, de uma guerra! Todos somos participantes, diretos ou indiretos.

O mesmo bandido que atacou esse policial militar covardemente pelas costas atirou e baleou um cidadão para roubar-lhe o carro e atropelou um garoto de 15 anos num ponto de ônibus tentando fugir da viatura da PM e furtar-se do peso da lei. Todos estamos envolvidos, quer queira quer não. Hoje sinto o gosto amargo da injustiça e da indiferença instalado na garganta; injustiça que resulta na impunidade e indiferença que apresentamos em acreditar que cenas assim são normais, não é normal um soldado morrer! Não pode ser normal meus amigos, esses soldados são nossos guardiões, nossos sentinelas, nossos cães pastores que afastam todo mal, todo lobo do rebanho. Somos influenciados no dia a dia por mídias incompetentes e políticas covardes e hipócritas a pensar que baixas civis e policiais são aceitáveis, não são! Por trás de cada um existe uma vida, sonhos, pessoas, família, sociedade.



Tudo isso só me faz ter mais orgulho de cada confronto que me envolvi com meus homens e dele saímos vivos e voltamos aos nossos lares enterrando nossos inimigos. Me faz acreditar mais ainda nos princípios que seguimos e continuar a caminhada por um país mais sério e justo. Temos que dar fim à cultura de marginais vítimas da sociedade, de coitadinhos e de heróis de novela, tem que acabar com essa merda toda, leis benéficas à bandidos, ladrões, traficantes, estupradores, corruptos, assassinos, estelionatários, facínoras de toda espécie.

Quem move as cidades e o país são pessoas trabalhadoras e honestas, batalhadores, e esses que merecem a força da lei e do Estado dando suporte de verdade às suas atividades, para que cada um viva e trabalhe com segurança e tranquilidade. Não podemos mais aceitar menores impunes, ladrões condenados saindo nas datas festivas para apavorar os bairros e invadir casas, absurdo! Nos resta lutar por algo a mais, porque não está bom do jeito que está, nos resta orar pela alma desse guerreiro tombado e pelo conforto de sua família, esposa e filho, nos resta brigar, brigar e brigar. Fonte: Coronel Telhada - Facebook




0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.