09 novembro 2015

SMSU solta o freio e abre, em uma semana, as compras paradas a um ano

09/11/15 - Depois de muita cobrança da Diretoria do Sindguardas-SP, parece que finalmente soltaram o freio de mão que prendia o uso de verba da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e emendas destinadas por Vereadores e, finalmente, começam a ser publicadas as autorizações de compras de diversos itens para a Guarda Civil Metropolitana. Veja também: Portal Transparência - imagens chamam a atenção em redes sociais

No dia 29/10/2015 o Secretário Municipal de Segurança Urbana nomeou novos pregoeiros e equipes de apoio, dando início às licitações. Nesta mesma edição sai a autorização para licitar a compra de 84 pistolas calibre 380, conforme processo 2015-0.289.620-2 e 2000 pares de borzeguim, conforme processo 2015-0.141.260-0. Estas licitações foram publicadas em 30/10/2015. Já no dia 04/11/2015 sai a autorização de licitação, na modalidade pregão, para aquisição de uniformes para a Guarda Ambiental, conforme processo nº 2015-0.290.226-1. Veja ainda: Simulador de Treinamento Policial

Nesta mesma data, foi publicada a ata de realização do pregão eletrônico que se destina à aquisição do estande virtual de tiro, conforme processo 2015-0.128.125-5, sendo a menor proposta conferida no valor de R$ 380.000,00. No dia seguinte, 05/11/2015 a SMSU publica a autorização, na modalidade pregão, de aquisição de EPI's para a IOPE, conforme processo nº 2014-0.291.263-0.

Nesta mesma edição é publicada a licitação do processo 2015-0.290.226-1, que visa a aquisição de uniformes para a Guarda Ambiental. No dia 06/11/2015 publica a aprovação de certame licitatório para aquisição de espargidor de agente pimenta e porta espargidor (ATÉ QUE ENFIM!!!), conforme processo nº 2015-0.295.755-4. Essa é uma demanda que a Diretoria do Sindguardas-SP cobrou o ano inteiro da SMSU.

Nesta mesma edição, publica-se o extrato do termo de contrato do processo nº 2015-0.092.701-1, que trata da aquisição de máquina progressiva semiautomática para recarga de munição calibres 38 e 380, além da licitação para aquisição de protetor solar (ATÉ QUE ENFIM TAMBÉM!!!), em conformidade com o processo nº  2015-0.087.435-0.

Nesse caso do protetor solar, a pena é que a SMSU preferiu comprar o EPI em embalagem de 4 kg, em vez de comprar a embalagem individual, como foi sugerido pela Diretoria do Sindguardas-SP durante todo o ano. Para saber mais clique AQUI. Fonte: Sindguardas-SP

Em tempo: A Diretoria do Sindguardas-SP esclarece ao efetivo da Guarda Civil Metropolitana acerca da mensagem veiculada por e-mail intitulada "(Sindguardas-SP) Eleições do Sindguardas-SP dias 03, 04 e 05 de novembro.": Saiba mais em: Eleições Sindguardas-SP - Resultado final

1. A notícia foi disparada por autonomia da vontade do diretor de comunicações do Sindguardas-SP, Maurício de Mendonça Villar, fato que a torna inválida, pois, por se tratar de questionamento ao processo eleitoral, não poderia ser veiculada como notícia da instituição Sindguardas-SP e sim como mensagem pessoal do emitente.

2. A mensagem veiculada tem interesse pessoal e não institucional, porquanto, é de interesse do Diretor Maurício de Mendonça Villar que se façam novas eleições e não da instituição Sindguardas-SP. Ocorre que o prazo de inscrição de chapas foi de 28/09/2015 a 02/10/2015, conforme previsto em edital e o interessado Maurício de Mendonça Villar conheceu o prazo ainda vigente e não inscreveu chapa no prazo, sequer tentou, mas agora, findo o prazo, tenta manipular a categoria em favor de seus interesses, os quais não foram atingidos por sua própria inobservância ao processo eleitoral.

3. O diretor de comunicação propõe uma nova eleição mas não afirma se existe uma chapa alternativa que poderia disputar as novas eleições e isso é de extrema irresponsabilidade com a instituição Sindguardas-SP, pois, o processo eleitoral tem elevado custo de logística para o sindicato, sendo necessário a locação de automóveis, custo de alimentação para os colaboradores que atuarão no pleito, entre outras despesas. 

É de grande irresponsabilidade financeira propor uma nova eleição que dobraria ou até triplicaria os custos, para favorecer um grupo desorganizado que deseja ser diretor da instituição mas sequer acompanha o site institucional. 

Na prática e na verdade, o diretor de comunicação está se preparando para as eleições desde o dia 03/08/2015, quando veiculou vídeo no facebook alertando para as eleições e fazendo uma propaganda de si mesmo, mas, iniciado o processo eleitoral, não registrou a candidatura e ainda, a notícia do edital de convocação para a composição de chapas FOI PUBLICADA no site do Sindguardas-SP e ele, como diretor de comunicação, DEVERIA ter disparado a notícia por e-mail, mas não o fez.

4.  O emitente Mauricio de Mendonça Villar faz parte da atual diretoria, logo, a maneira como a defesa da categoria está sendo conduzida também reflete nele, por ação ou omissão. Nesse sentido, cabe salientar que a maioria das reclamações que recebemos (e inclusive a dele mesmo) são justamente por comunicação ineficiente, mas essa comunicação é de responsabilidade dele, diretor de comunicação Maurício de Mendonça Villar.

5. Por fim, houve período estatutário para inscrição de chapa, o interessado conheceu o período e não conseguiu reunir condições para registrar uma chapa e agora quer que VOCÊ associado pague a conta pela irresponsabilidade dele, tentando um novo processo eleitoral que vai onerar ao Sindguardas-SP, ou seja, vai onerar a VOCÊ! 

Não abra mão do seu direito legítimo de votar por causa da irresponsabilidade e desorganização de quem quer ser diretor do Sindguardas-SP e não faz o mínimo para acompanhar as publicações sindicais. Nos próximos dias 03, 04 e 05 EXERÇA SEU DIREITO! VOTE!

Atenciosamente, A Diretoria.

Nota do Editor OCDGN - Texto recebido por e-mail 


Compartilhe pelo seu Whatsapp e colabore conosco (Clique AQUI)
image

O Cão De Guarda Notícias

Autor e Editor

Dennis Guerra Contato Whatsapp 11 95580-1702

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

biz.