Líder do governo foi preso nesta quarta-feira (25) por ordem do Supremo

26/11/15 - O Senado decidiu nesta quarta-feira (25), em votação aberta no plenário, manter a ordem de prisão expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra o senador                                        , líder do governo na Casa. Com isso, o parlamentar               continuará preso por tempo indeterminado. A manutenção da prisão foi decidida por 59 votos favoráveis, 13 contra e 1 abstenção.                   foi detido nesta quarta, pela Polícia Federal (PF), acusado de atrapalhar as investigações da Operação               . Em uma gravação, ele oferece R$ 50 mil mensais à família de                           para tentar convencer o ex-diretor da área internacional da Petrobras a não fechar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF). Para saber mais clique AQUI. Fonte: G1



Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra