Homem acusa injustamente guarda municipal e é condenado a pagar cestas básicas

17/11/15 - Por Michel da Silva Alves: Um guarda, acusado injustamente e absolvido por corregedoria, processa cidadão denunciante. A Justiça determina que o citado ajude instituição de caridade como lição. É o caminho para os colegas que as vezes ficam dois ou três anos com os famigerados PAs em corregedoria ,com constrangimento ilegal. Fonte: Facebook. Veja também: Eleições Sindguardas - Resultado final



Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra