Extremistas estrangeiros ou facções criminosas ameaçam olimpíadas

14/10/15 - A Olimpíada de 2016 será um desafio mais complexo em termos de prevenção contra possíveis atos terroristas do que a Copa do Mundo, segundo Andrei Augusto Passos Rodrigues, secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça. Segundo ele, será necessário empregar uma estrutura maior de segurança nos Jogos de 2016 em relação à que foi usada no mundial de futebol devido à maior quantidade de atletas e competições.


“Na Copa eram 32 países, nos jogos serão mais de 200. (Em 2014) eram 800 atletas e agora serão mais de 10 mil. Então são números absolutamente distintos. São 42 campeonatos mundiais acontecendo simultaneamente, no caso dos Jogos, em 17 dias”, afirmou. Para saber mais clique AQUI. Fonte: Amigos da Guarda Civil


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra