11 agosto 2015

A Imprensa e a Segurança Pública - Mais luz sobre o tema

11/0/15 - Por Maurício Villar: Artigo sobre a reportagem Análise: STF pode desenhar novo modelo de Segurança no paísA imprensa precisa ter um papel mais contundente e crucial na questão Segurança Pública, já que quem deveria não o faz - o Congresso Nacional. A PEC 534, chamada de PEC do Poder de Polícia, tramita a mais de uma década. Sua aprovação poria fim a várias ações judiciais de questionamento. O Supremo só está, na verdade, atualizando o que a Lei Maior já diz e a prática - em muitas cidades - já proporcionam resultados a seus moradores. 

A decisão do STF iluminou o assunto e a imprensa precisa trazer à tona dados que mostrem à população o real cenário. Por exemplo: Em 2011 o Instituto Sou da Paz publicou pesquisa analisando prisões em flagrante na cidade de São Paulo. Nela se percebe que a GCM paulistana realizou no período cerca 20% das prisões. E aí o debate: A cidade comanda por Haddad investe menos de 1% do orçamento na GCM.

Qual foi o custo destas ações para o povo? Quanto custou cada prisão feita pela GCM e quanto custou cada feita pela PM? Em cidades como Barueri, o valor destinado à Segurança Urbana é de cerca de 2% do orçamento da cidade. Isso reflete na proporção do efetivo em relação à população, na qualidade de vida dos agentes da Guarda e por consequência no serviço prestado. Espero que o Estadão lance mais luz sobre o tema. Fonte: Maurício Villar - Facebook


0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.