02 maio 2015

Uma organização eficiente busca por equilibrar as suas forças reativas e proativas

02/05/15 - Por Dennis Guerra: Certo dia, em uma aula de administração, foi comentado pelo professor que existem dois tipos de pessoas nas organizações: reativas e proativas. No primeiro caso, são aquelas avessas às mudanças. Não que isso seja um mal - devendo-se analisar o contexto específico ao qual se encontram e às possíveis mudanças no 

VEJA TAMBÉM: APÓS EVITAR SUICÍDIO, GUARDAS CIVIS DE SÃO PAULO SÃO DESTAQUE EM JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO


cenário referente. Mas, resumidamente, as pessoas com perfil reativo são terminantemente contrárias à mudanças bruscas, o que poderia ser a causa de choques de cultura em uma organização.

Por outro lado, temos as pessoas do tipo proativas. Essas são as que se orientam por mudanças de atitude e comportamento. Ao se depararem com determinada situação problemática, criam novas formas de minimizar os seus danos à organização, além da constância em apresentar novas ideias e conceitos.

Uma organização eficiente busca por equilibrar as suas forças reativas e proativas, de modo a alcançar resultados ainda mais eficazes.





0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.