2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

05 maio 2015

A Origem das Algemas

05/05/15 - Por Dennis Guerra: Costumo afirmar que me vejo como um eterno aprendiz. Apesar de uma vida extremamente atribulada, sempre poderemos encontrar espaço para aprender coisas novas - ou qual graça teria a vida?! Entre tantos pontos que eu poderia 

citar, quero destacar uma interessante Técnica de Algemação. Não, aqui não irei comentar sobre a técnica, mas sobre as origens da própria algema. Parte primordial e uma das mais emblemáticas da profissão policial, a algema é um equipamento que atravessou séculos, mas foi com V.W. Adams - entre outros - que tomou o formato atualmente conhecido. Agradeço a Tango Castro pela enorme contribuição a este vosso aprendiz!

A Origem das Algemas (V.W. Adams, Orson Phelps e Tower)

Até aprenderem a manipular o metal, as civilizações antigas utilizavam outros meios para a imobilização de prisioneiros. Possivelmente os diversos tipos de corda foram dos primeiros materiais utilizados. Quando conseguiram criar correntes, começaram a utilizar cadeias e grilhões em prisioneiros de guerra, como foi, por exemplo, o caso das civilizações Assíria e Babilônica. 


Os registos que chegaram até aos nossos dias mostram que as primeiras algemas tinham um único tamanho. Consistiam basicamente em grilhetas de metal com bloqueios. O facto de não poderem ser ajustadas, criou logo dois problemas essenciais: os anéis ficavam demasiado apertados nas pessoas que tivessem pulsos grandes e demasiado largos em quem tivesse os pulsos finos. Apesar disso, este tipo de grilhetas foi amplamente usado durante a era Medieval...

Para saber mais, clique AQUI Fonte: Origem das Coisas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.