30 dezembro 2014

Policiais viram costas para prefeito esquerdista de Nova York em funeral de colega assassinado

30/12/14 - Por Alexandre Borges: É sempre difícil escolher a imagem do ano, mas ver centenas de policiais de NY virando as costas para o asqueroso e ultra-esquerdista Bill de Blasio quando discursava no funeral de Rafael Ramos é um daqueles momentos para guardar para sempre. A NYPD, fundada em 1845, é uma das melhores e mais eficientes polícias do mundo e foi sistematicamente atacada e humilhada pelo prefeito desde a campanha eleitoral, um radical ideológico que foi definido por Dana Perino da Fox News como o pior político que ela já viu na vida.



Bill de Blasio, 53 anos, é um típico representante da geração porralouca que cresceu nos anos 60/70 e hoje comanda a política e a indústria cultural nos EUA. Com pai e mãe filiados ao partido comunista, de Blasio foi um ativista de esquerda desde a universidade, com direito a uma participação direta na ajuda financeira à revolução sandinista na Nicarágua, um dos países mais pobres do mundo comandado pelo bolivariano Daniel Ortega, que alterou a Constituição para ter direito a reeleições ilimitadas e está no poder desde 2007.


Politicamente, Bill de Blasio é muito ligado à Hillary Clinton e foi seu coordenador de campanha ao senado em 2000. Ele é casado com uma ex-lésbica e a lua-de-mel foi, claro, em Cuba. Ele tem a mesma idade que Barack Obama e se formou na mesma Universidade de Columbia.


De todos os comentários que de Blasio fez contra a polícia da cidade, nenhum se compara ao cometido numa entrevista recente a George Stephanopoulos sobre a morte de Eric Garner. O prefeito disse ter alertado o filho Dante, que é negro, a ter cuidado ao lidar com a polícia da cidade, o que evidentemente enfureceu os policiais. Apenas 15 dias após o comentário incendiário do prefeito sobre o filho na TV, dois policiais foram mortos covardemente pelo negro e radical muçulmano Isamaaiyl Brinsley.




O protesto pacífico e simbólico da NYPD contra seu prefeito radical é uma prova de coragem e de grandeza moral num momento de luto e revolta. É um basta, um "enough is enough", antes tarde do que nunca.



0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.