29 novembro 2014

Muito obrigado por sua visita - Desculpe qualquer transtorno!

29/11/14 - Por Dennis Guerra: Integrantes do Grupamento de Trânsito da Guarda Municipal de Santana do Parnaíba, fica aqui registrado o nosso respeito aos senhores e a todos os integrantes dessa valorosa corporação, que muito nos honra com os serviços prestados a sua cidade, assim como pelo simples ato de visitar a nossa São Paulo. Todos nós, sem exceção, sentimo-nos 





orgulhosos de, uma forma ou outra, tê-los recebidos. E pedimos sinceras desculpas por qualquer incômodo causado nesse ínterim - mesmo que a mágoa seja grande, não compare-nos pela mesma medida. Foto: Anônimo. 

A Síndrome do Camisa Dez (Egos Exasperados)


12/06/14 - Por Dennis Guerra: No cenário da segurança pública encontramos diversas situações que - parecem - visam apenas desestimular o agente. À parte de discussões sobre salários e condições de trabalho, encontramos outros pontos que interferem no dia-a-dia propriamente dito. Dentre muitas situações, podemos destacar a Síndrome do Camisa Dez - Que nada mais é do que a satisfação de se achar a pessoa mais importante do jogoe acreditar que sem a sua presença, a partida está finalizada.

Em época de Copa do Mundo, nada mais apropriado do que fazer a ponte entre o comportamento de certos agentes com o futebol. No esporte - que ocorre entre as quatro linhas - poucos dão a devida importância ao zagueiro ou mesmo ao goleiro. Por natureza, parece que o único responsável pela definição do jogo seria justamente aquele que veste a camisa com o número do craque.

Como definir a importância (maior ou menor) de um dos jogadores?! Não há como justamente porque cada um tem uma função específica. Tal comportamento de comparação não faria jus à realidade do esporte.

E por que em outras áreas, tanto no setor público (quanto no privado) situações como essas são comuns? Por uma malha de distúrbios institucionais, processos administrativos falhos e crises gerenciais que fomentam o surgimento de tal síndrome.

Existe ai uma grande diferença entre a Síndrome do Camisa Dez e a Teoria da Geração Y. No primeiro caso, como insinuavam Raul Seixas e Marcelo Nova na canção Muita Estrela, Pouca Constelação - os personagens buscam brilho próprio em detrimento de outros. No segundo, acostumados a conseguirem o que querem, não se sujeitam às tarefas subalternas de início de carreira e lutam por salários ambiciosos desde cedo. É comum que os jovens dessa geração troquem de emprego com frequência em busca de oportunidades que ofereçam mais desafios e crescimento profissional.

Se o agente determina A e faz B, está em desacordo com princípios morais e éticos da profissão. Pior se tal comportamento se dá por acreditar que, como Camisa Dez, poderia tomar tal ação.

Qual o impacto real dessas situações na segurança pública? Basicamente, perda de foco. Enquanto brilhos pessoais e egos exasperados se mantém ativos, quem perde é o cidadão, que anseia por um sistema de Segurança Pública eficaz.

E como poderíamos evitar o contágio por tal síndrome? O simples fato de tomá-la por conhecimento já é um começo. Saber que o mundo não acaba ou que furacões acontecem sem a sua simples presença já é uma boa parte do caminho a ser percorrido. Ter consciência de que ninguém é insubstituível também está no processo. Trabalhar pelas partes focando no todo é a melhor parte do jogo.



Compartilhe pelo seu Whatsapp e colabore conosco (Clique AQUI)
image

O Cão De Guarda Notícias

Autor e Editor

Dennis Guerra Contato Whatsapp 11 95580-1702

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

biz.