19 outubro 2014

Psicologia Policial - Área pouco explorada no Brasil


19/10/14 - Por Leandro Grabe: A psicologia policial é uma área de intervenção pouco explorada no Brasil, os psicólogos desempenham nas instituições policiais apenas algumas atividades, como por exemplo, a seleção das pessoas que são aprovadas em concursos públicos para ingresso na 



profissão policial e na formação presente no curso de preparação das academias policiais, desenvolvendo apenas aulas conteudista, sem uma maior intervenção psicossocial em conjunto com esses sujeitos que irão para as ruas em contato direto com a sociedade.

VEJA AINDA: 
Esta sociedade que é marcada negativamente pela figura policial desde os tempos de Império no Brasil. Suas ações, diferentemente de outras profissões, acarretam uma singularidade especial, onde as decisões e atuações policiais afetam subjetivamente muitos indivíduos da sociedade, assim como, uma carga de representatividade psicológica elevada atinge também este policial na relação social de sua atuação.

A psicologia contribui para a construção de novos conhecimentos e práticas de intervenção policial neste século que inicia-se. Pôr em xeque esta questão ativa diretamente à primeira fase de mudança das relações institucionais existentes, ou seja, permite dar voz e ser capaz de ouvir esses policiais e a sociedade.

Um policial com equilíbrio em suas atividades laborais é capaz de medir constantemente a congruência de suas ações entre o ideal e o real; analisar as oportunidades que sejam possíveis formular e resolver; além de serem suficientemente atentos às proporcionalidade de suas reações atuais. 

Para tal, a psicologia deve investir de forma interventiva na preparação e orientação desses sujeitos que fazem e sentem os impactos de serem os primeiros a agirem baseados na manutenção de uma Lei instituída, zelando pelo cumprimento desta e respeitando a cidadania e mantendo seu equilíbrio emocional.




0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.