13 setembro 2014

Vereador Paulo Telhada: "... quando morre um agente da Lei, ninguém se manifesta..."

13/09/14 Nas Ruas - Dennis Guerra: Na data de ontem (12) foi anunciado aqui neste canal de notícias a morte do guarda civil metropolitano Vanderlei. Desde a data de ontem familiares, amigos e colegas de profissão compareceram ao  



Cemitério Vila Nova Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo, para despedirem-se do policial, morto em razão do estrito cumprimento do dever legal. Durante a cerimônia, o vereador Paulo Telhada e o Presidente do Sindguardas-SP, Carlos Augusto Souza, também estiveram presentes e cederam os seus depoimentos ao O Cão de Guarda Notícias sobre o ocorrido.

VEJA AINDA: 

Também esteve no local o Subcomandante GCM/SP, Inspetor Vanderlei Bento Barbosa (que visivelmente emocionado, preferiu se abster naquele momento de quaisquer gravações) entre outros.

Entretanto, ficou clara a falta de interesse da grande mídia em cobrir - tanto o velório quanto o sepultamento do agente policial - diferentemente do que foi feito quanto da morte do lutador de boxe que reagiu à abordagem legal, ferindo dois GCMs, entre eles o GCM Vanderlei. Naquela ocasião, muitos noticiários sensacionalistas estiveram presentes.



Em respeito à dor da família e amigos, este editor se limitou a fazer este breve registro à distância. Foto: Dennis Guerra.

"... quando morre um vagabundo, quando morre um bandido, as críticas contra a polícia, contra as forças de segurança são muito pesadas. Mas quando morre um agente da Lei, ninguém se manifesta..."

Vereador Paulo Telhada

"...quando, dos fatos, nós (Sindguardas-SP) entramos em contato com a emissora TV Record, pedindo o Direito de Resposta. Foi encaminhada até nós, lá na entidade, uma equipe. Gravamos por mais de vinte minutos, onde não foi levado ao ar (...) não podemos nos posicionar de forma clara em relação ao ocorrido..."

Carlos Augusto Souza - Presidente Sindguardas SP

Na cerimônia do guarda civil metropolitano, nenhum deles, com especial atenção ao Programa Cidade Alerta, apresentado por Marcelo Rezende. Assista ao vídeo abaixo e tire as suas conclusões:






Por Coronel Telhada - Mais um herói covardemente assassinado!


"13/09/14 - Por Coronel Telhada: Faleceu na manhã desta sexta-feira, dia 12 de setembro, o Guarda Civil Metropolitano Vanderlei da Silva Rodrigues. Ele morreu vítima dos tiros disparados em 31 de agosto, pelo boxeador Edson Ferreira, até então tido pela mídia tendenciosa como a vítima da história. O GCM Vanderlei tinha 44 anos, era casado e pai de dois filhos, um deles deficiente físico. Com um histórico exemplar na guarda paulistana, Vanderlei receberia a Medalha Jânio Quadros, criada por mim, na próxima segunda-feira, dia 15, na Câmara Municipal.

Vanderlei foi vítima duas vezes, primeiro nas mãos do assassino campeão de boxe, depois foi vítima de criticas impensadas e infundadas por parte da imprensa que citou os homens da GCM como mal preparados, mal profissionais e os condenaram como assassinos.

O GCM Vanderlei estava trabalhando dentro da lei, legitimamente escalado para conter o comércio ilegal perto do Anhembi, quando foi atacado por um homem que não obedeceu a ordem de parada e abordagem, de um servidor público das nossas forças de segurança.

Nada disto foi levado em conta por certos jornalistas que preferiram defender um homem que vendia mercadorias de forma ilegal, que roubou a arma de dois guardas, atirou contra ambos e um deles – infelizmente – veio a óbito, estando o outro GCM ainda internado.

Os GCMs se defenderam e o ambulante morreu, mas isto ocorreu não por ele vender mercadorias de forma irregular, mas sim por ter reagido e atirado contra os guardas.

A família GCM está de luto pelo guarda que faleceu, eu estou de luto e todos que valorizam as nossas forças de segurança e a respeitam também ficarão! Mais duas crianças sem pai, mais uma viúva da segurança pública, mais um guerreiro tombado...

Presto minha última homenagem, contando o motivo pelo qual o GCM seria homenageado segunda-feira:

No ano de 2009, ao ocorrer um roubo de carga que fez o condutor do veículo como refém, o GCM Vanderlei recuperou a carga roubada e libertou a vítima sequestrada. Portanto mais um herói, covardemente assassinado"! Fonte: Coronel Telhada - Facebook














Em breve, informações sobre doações à família. Aguarde!


2 comentários:

  1. ONDE ESTA A TURMA DO DATENA,MARCELO REZENDE,PERCIVAL DE SOUZA PARA DAR COBERTURA A MORTE DO POLICIAL MUNICIPAL
    EM SERVIÇO.

    ResponderExcluir
  2. robson nunes gonçalves17 de setembro de 2014 21:27

    fica meus pêsames para a família do gcm que morreu cumprindo o seu dever e que infelizmente vivemos numa sociedade injusta a onde bandido não fica preso e se o policial cumprir o seu dever e tiver que usar sua arma ele e massacrado por esta sociedade covarde.

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.