2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

04 setembro 2014

Porta Voz - Como a instituição à qual você faz parte está se preparando para os novos tempos? (Atualizado com vídeo)


04/09/14 - Por Dennis Guerra: Um assunto que anda muito em voga nos últimos dias é a existência (ou não) da figura do Porta Voz em algumas instituições de segurança pública - principalmente as municipais. Segundo o site Wikipedia, um porta voz é aquele (a) que fala



em nome de outra, mas que não se constitui, necessariamente, como parte de outra (isto é, não precisa ser um empregado do representado). Sobre este assunto, temos ainda: "No mundo moderno exposto aos meios de comunicação, muitas organizações e órgãos governamentais estão utilizando-se com freqüência cada vez maior do trabalho de profissionais que receberam treinamento formal em jornalismo, comunicações e relações públicas para assumir este cargo, e assegurar que os pronunciamentos públicos sejam feitos da forma mais apropriada e através dos canais competentes para maximizar o impacto das mensagens favoráveis e minimizar o impacto das desfavoráveis. Astros populares dos esportes (tais como Pelé ou Michael Jordan) são freqüentemente escolhidos como porta-vozes em anúncios comerciais.

Uma corporação pode ser representada em público por seu principal executivo, diretor ou presidente, contador, advogado ou consultor jurídico externo. Em acréscimo, e numa base diária para anúncios rotineiros, o trabalho pode ser desempenhado por uma Assessoria de Comunicação terceirizada ou um departamento interno de Relacionamento com Investidores (ou seus equivalentes), que atuarão como porta-vozes". Fonte de pesquisa: Wikipedia.

Habilidades
Porta-vozes devem ter:

Antenas – olhos e ouvidos dentro e fora da organização, que serão úteis para detectar assuntos delicados com os quais a organização poderá se confrontar e que podem impactar em sua imagem. Isto inclui manter-se em dia com os assuntos cotidianos e notícias nos jornais diários e Internet a respeito da companhia, seus concorrentes, etc.

Sensitividade – conhecimento da imprensa e dos formadores de opinião, para avaliar o impacto ou reação provável de qualquer pronunciamento a ser feito.

Antecipação – habilidade para prever perguntas que provavelmente serão feitas e assim preparar respostas adequadas que satisfaçam às partes interessadas.

Conhecimento interno – conhecimento íntimo da corporação e das questões operacionais que ela encara.

Acesso de alto nível – contatos diários próximos com a alta direção da empresa para se assegurar de que a imagem da corporação está sendo mantida de forma coerente.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Por diversas vezes, os profissionais de segurança pública irão se deparar com noticiários fantasiosos e por que não dizer, inconsequentes? Nessa linha de pensamento, evitar fornecer ainda mais subsídios a jornalistas e fanzines inescrupulosos pode ser tão perigoso quanto passar a imagem aos seus colaboradores de quê nada está sendo feito - mesmo que esteja e não seja divulgado em proporção equivalente.

Também considero interessante a apreciação do vídeo abaixo para um melhor entendimento. Fonte: Canal Azul Marinho



Com a aprovação da Lei 13.022/14, muitas coisas estão em processo de mudança. Dentre elas, a maneira como a sua instituição se apresenta ao cidadão e até mesmo a forma como uma parte da mídia - e até da própria sociedade - se refere à ela deve ser foco de tais mudanças de comportamento.
Nesse viés, como a instituição à qual você faz parte está se preparando para os novos tempos?

Sobre o autor - Dennis Guerra: Brasileiro, 38 anos de idade, casado: Doze anos na Guarda Civil Metropolitana; Onze anos na função de Motociclista; Gestão Específica. Cursos SENASP: Condutor de Veículos de Emergência; Violência, Criminalidade e Prevenção; Técnicas e Tecnologias Não Letais para Uso Policial; Capacitação em Educação para o Trânsito; Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial e Uso diferenciado da Força. Outros: Táticas Operacionais Defensivas - CFSU; Escolta e Batedor com Motocicletas - PRF; Pilotagem Segura com Motocicletas CET; Pilotagem Defensiva Honda Indaiatuba Curso de Educador - CFSU.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.