Patrulheiros da Guarda Civil evitam que homem seja assassinado a golpes de facão - Na delegacia descobrem que ele estava foragido da Justiça

30/09/14 Você Repórter - Jefferson A. GuerraNa data de 29/09/2014 patrulheiros da Inspetoria de Operações Especiais - IOPE salvou um foragido da Justiça de ser morto por golpes  



de facão. O fato ocorreu durante patrulhamento pela região da Nova Luz, quando os GCMs flagraram E.V.G. desferindo golpes de facão contra A. A. A. Imediatamente a equipe interferiu na ação criminosa desarmando o agressor.

VEJA AINDA: 

Foi dada a voz de prisão para E.V.G. por ter cometido o crime de Homicídio Tentado, uma vez que os golpes de facão eram direcionados para a cabeça da vítima, se a mesma não bloqueasse as investidas do agressor com sua mão esquerda (que ficou ferida) e a equipe IOPE não atuasse rapidamente o desfecho seria fatal.

O agressor foi algemado e conduzido à 77° Delegacia de Polícia. A vítima foi levada para o P.S. Santa Casa onde passou por cuidados médicos e posterior levada ao DP para que o boletim fosse confeccionado constando sua versão dos fatos.

Ao legitimar a vitima junto ao IRGD, a autoridade policial e a equipe tiveram uma surpresa: a vítima (A. A. A.) era evadido do CDP de Valparaíso desde 2009, onde cumpria pena por tráfico de entorpecente e beneficiado pelo Indulto de Páscoa, não retornou ao Sistema Penitenciário.

Mediante aos fatos a autoridade de plantão ratificou a voz de prisão para E.V.G. por ter incorrido no crime de  Homicídio Tentado e Qualificado por motivo fútil, recolhendo  também ao cárcere A. A. A. por estar constando como foragido da Justiça Pública tendo pena a ser cumprida até  2016.

E MAIS: Em 27/09/2014 a equipe IOPE foi solicitada por M. J. M. que informou a equipe que o ex-marido de sua filha a  havia ameaçado de morte assim como sua filha e suas sobrinhas.
A equipe logrou êxito em deter R. M. R. e ouvindo sua versão sobre os fatos percebemos que a ameaça foi mútua, partindo também das solicitantes.

Mediante aos fatos a equipe IOPE deteve todas as partes por ameaça e em ato contínuo conduziu as 6 partes à 2° Delegacia de Polícia onde a autoridade policial após ser cientificado dos fatos pelo condutor da ocorrência, deliberou por arrolar todas as partes e liberando-as posteriormente. Os autos serão enviados ao JECRIM para a apreciação  do poder Judiciário da Comarca de onde o fato ocorreu. Cabe informar que R. M. R. havia respondido pelo crime de porte ilegal de arma no Estado do Maranhão.

Traficante é detido pela Guarda Civil Metropolitana

Você Repórter - Barbosa: Patrulheiros da inspetoria Regional de Santo Amaro detiveram um traficante, que estava foragido da Justiça, além de dois usuários. O caso foi registrado na 27° Delegacia de Polícia.

Foto: Equipe no local. 


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra