2010 / 2017

"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"
Edmund Burke

"O Cão De Guarda Notícias era uma janela para o mundo que esteve aberta entre os anos de 2010 a 2017, deixando agora um vazio enorme em meu coração" Por Dennis Guerra

11 setembro 2014

Em enquete do Programa Cidade Alerta, mais de 96% defende a manutenção do Poder de Polícia das guardas municipais - Jornalismo Sensacionalista (Atualizado)

11/09/14 - Por Dennis Guerra: Em 02/09/14 a postagem a seguir foi ao ar com uma enquete realizada pelo Programa Cidade Alerta sobre a manutenção do poder de Polícia às guardas municipais. Tendo sido chamado a atenção por uma colaboradora do OCDGN, verificamos que a referida enquete continua em aberto, diferentemente do que alguns chegaram a afirmar. A preocupação aqui apontada seria que uma  

VEJA TAMBÉM: Guarda Civil Metropolitana no Desfile Sete de Setembro 2014 (A GCM deu outro significado ao termo trincar o chão) Anhembi - SP


suposta manobra do programa, dando o tempo necessário para que os números apresentados se invertam, considerando que em momento algum, o apresentador Marcelo Rezende anunciou quaisquer resultados. Considerando estas possibilidades, sugerimos que a enquete continue a ser compartilhada e que mais pessoas participem da votação.




Aproveitando a atualização deste post, deixo aqui com você o resultado final da enquete anunciada ao final deste artigo, que apresentou também uma outra pergunta:


1 - Você acredita que o Marcelo Rezende divulgará o resultado final desta enquete em se mantendo o resultado parcial, ou seja, a aprovação - por parte da sociedade - do poder de polícia às guardas municipais em detrimento a um caso isolado? 

Resposta - Como sugerido pelo posicionamento do programa e de seu apresentador ao não citar nada a respeito, a resposta parece ser NÃO

2 - Você acredita que o apresentador Marcelo Rezende deveria continuar à frente do Programa Cidade Alerta, considerando um viés sensacionalista que prejudica a impressão - por parte da sociedade - da notícia?


Pelo resultado final da enquete OCDGN finalizada nesta data, 92% dos visitantes que participaram consideram que o apresentador Marcelo Rezende NÃO DEVERIA continuar à frente do Programa Cidade Alerta, por NÃO concordarem com o jornalismo sensacionalista característico do apresentador.

A grande pergunta que você se faz neste momento é: E isso irá alterar alguma coisa? Sim, demonstra que não só eles são capazes de formar opinião, como nós também. Principalmente, se consideramos a mudança no discurso do apresentador após analisar o resultado parcial da enquete promovida por eles - Praticamente um Tiro no Pé! 


Veja mais em: Hoje comemoro 13 anos de serviço, e ainda digo: Não vim aqui fazer amigos...

________________________________________________________________________

Texto original desta postagem: 02/09/14 - Por Dennis Guerra: Quando falamos sobre jornalismo sensacionalista, algumas pessoas chegam a ficar em dúvida o que caracteriza este tipo de mídia. Poderíamos definir Sensacionalismo como um tipo de viés editorial na mídia em massa em que os eventos e temas em notícias e partes são   


mais exageradas para aumentar os números de audiência ou de leitores. sensacionalismo pode incluir relatórios sobre assuntos geralmente insignificantes e eventos que não influenciam a sociedade em geral e apresentações tendenciosas de temas de interesse jornalístico de uma forma trivial ou tabloideAlgumas táticas incluem ser deliberadamente obtusas, apeladas às emoções, sendo controversas, intencionalmente omitidas de fatos e informações, sendo barulhentas e auto-centradas, agindo para obter atenção. Informações triviais dos eventos às vezes são deturpadas e exageradas como importantes ou significativas, e muitas vezes incluem histórias sobre as ações de indivíduos e pequenos grupos de pessoas, o conteúdo do que é muitas vezes insignificante e irrelevante em relação aos eventos de macro-nível do dia-a-dia que ocorrem no mundo. Além disso, o conteúdo e o assunto normalmente não afetam a vida das massas e não afeta a sociedade, e em vez disso é transmitida e impressa para atrair telespectadores e leitores. Exemplos disso incluem a cobertura da imprensa sobre o escândalo de Bill Clinton e Monica Lewinsky, o julgamento de Casey Anthony, o papel de Tonya Harding no ataque de Nancy Kerrigan, o caso Elián González e o caso de assassinato de O. J. Simpson. Fonte: Wikipedia.


Ou, poderíamos definir sensacionalismo, como uma bando de abutres em busca de carniça. Aqui, podemos incluir a cobertura da mídia no caso do vendedor ambulante, que:

1 - Desobedeceu ordem legal 2 - Por ser lutador de boxe, aproveitou-se disso para desferir golpes contra dois agentes de segurança (sendo que um, além de franzino, tinha 53 anos de idade) 3 - Subtraindo a arma de um deles e atirando, deixando ambos em estado grave de saúde e 4 - Foi morto em legítima defesa por um dos agentes para a manutenção de sua vida e de outros (no caso, o colega de serviço).




Veja bem: aqui não estamos definindo culpados e nem inocentes. Estamos nos atentando aos fatos iniciais das alegações. Diferentemente do que a mídia convencional tem feito.  A exemplo, disto, temos: 



"... Durante o dia seguinte, tivemos uma grande repercussão na grande mídia sobre o ocorrido. Familiares defendendo o bom caráter do falecido - nada mais natural - o jornalista Marcelo Rezende e o seu comentarista Percival de Souza fazendo afirmações baseadas no velho estilo sensacionalista (como sempre), chegando até mesmo à demonstrar o desconhecimento da lei.


Até aí, não vamos perder tempo com o Marcelo Rezende, pois, referente a ele, temos um artigo específico. Veja em:  'Corta pra mim' - Marcelo Rezende afirma que ocorrerá choque de competências entre guardas municipais e polícia militar


Investigações - O caso passa a ser investigado pela Corregedoria da Guarda Civil Metropolitana e Polícia Civil, que já requisitou algumas imagens do monitoramento da CET e aguarda por novas imagens. O que deve-se agora é aguardar pelo desenrolar das investigações. 


Um lado - Segundo a família e a grande mídia, o ambulante era um batalhador, bom pai de família, carismático e perdeu a vida apenas por estar vendendo água. Ninguém aqui irá colocar em dúvida a opinião de amigos e familiares sobre a índole do vendedor.


O outro lado - Porém, se os mesmos repórteres fossem entrevistar os familiares dos GCMs envolvidos na ocorrência, e que estão internados até este momento, também irão perceber que ali existem opiniões equivalentes: batalhadores, bons pais de família, carismáticos e quase perderam a vida por exercer as suas atribuições..." Fonte: OCDGN

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Veja agora a opinião de um policial renomado: O senhor Paulo Telhada, Coronel reformado da Polícia Militar de São Paulo e ex-vereador (Atual candidato a Deputado Estadual):


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Quero aqui hipotecar minha total solidariedade aos homens da Guarda Civil Metropolitana que infelizmente se envolveram numa ocorrência muito polêmica no último domingo quando um homem foi morto após ser abordado pela GCM e ter reagido a abordagem, atacado os GCM, roubado a arma de um dos guardas, atirado contra os dois GCM, até ser morto pelos mesmos. Conversei com o Inspetor Gilson Menezes, Comandante da GCM e fui informado do seguinte:


O cidadão vendia água mineral irregularmente próximo ao Anhembi, onde ocorria a Bienal do Livro, na Zona Norte da capital e foi abordado por três guardas que estavam ali de serviço, regularmente escalados, justamente para coibir esse tipo de ação. O infrator pegou o carro e fugiu. Na Rua Santa Eulália, em Santana, foi parado e abordado pela GCM. O homem era lutador de boxe e, entrou em luta corporal com um deles, conseguiu tomar o revólver de um dos guardas e disparou várias vezes, acertando dois GCM, o primeiro GCM foi atingido de raspão na têmpora e no peito e o segundo GCM foi atingido com um tiro transfixante no ombro. Houve reação e o indivíduo levou seis tiros e morreu no local. 

Os GCM foram socorridos ao Hospital Mandaqui e transferidos para o Hospital do Servidor Público Municipal, onde foram operados. Isso é muito triste pois nenhum policial quer um resultado desse, matar um cidadão, mas o próprio cidadão escolheu esse resultado ao reagir a ação legal dos GCM, agredí-los, arrebatar-lhe a arma e efetuar disparos contra os mesmos. 


Infelizmente não havia outra opção, era matar ou morrer. Os GCM agiram dentro da lei e tem todo nosso apoio. Fico também triste e sentido pela família do cidadão que infelizmente cometeu esse ato de loucura e insensatez... A lei deve ser cumprida, doa a quem doer. 


Nossas Forças de segurança devem ser preservadas e apoiadas pois é o único jeito de melhorar a segurança da nação.



Tolerância Zero, JÁ. 


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

Já que aqui definimos o que é jornalismo sensacionalista, vamos a mais uma etapa do processo.

Aproveitando da repercussão do caso, o Programa Cidade Alerta, apresentado por Marcelo Rezende e o seu comentarista Percival de Souza, apresentou uma enquete nesta manhã com a pergunta (acompanhada da seguinte afirmação):

Você acha que Guarda Municipal deveria ter poder de polícia? Ex-campeão de boxe é morto pela Guarda Municipal com tiro nas costas. Para votar na enquete, clique AQUI.





Até este momento, a enquete aponta como resultado mais de 90% favorável à manutenção da regulamentação de poder de polícia às guardas municipais - Como se fosse uma enquete do programa acima capaz de reverter algo intrínseco na Constituição Federal. 

Todavia, quando o assunto era a votação do PLC 039/14, que culminou com a aprovação da Lei 13.022/14, o programa não fez menção nenhuma à enquetes. chamando a população a votar em algo que era de seu interesse. E vai me dizer agora que eles não sabiam disso!

Sendo assim, deixo uma pergunta... não, deixo duas:

1 - Você acredita que o Marcelo Rezende divulgará o resultado final desta enquete em se mantendo o resultado parcial, ou seja, a aprovação - por parte da sociedade - do poder de polícia às guardas municipais em detrimento a um caso isolado? 

2 - Você acredita que o apresentador Marcelo Rezende deveria continuar à frente do Programa Cidade Alerta, considerando um viés sensacionalista que prejudica a impressão - por parte da sociedade - da notícia?


Resultado final ainda neste mês


Vote na enquete do O Cão De Guarda Notícias na barra lateral. Com certeza, o resultado (seja ele qual for) será divulgado neste site.



Dennis Guerra - Editor O Cão De Guarda Notícias


Brasileiro, 38 anos de idade, casado: Doze anos na Guarda Civil Metropolitana; Onze anos na função de Motociclista; Gestão Específica. Cursos SENASP: Condutor de Veículos de Emergência; Violência, Criminalidade e Prevenção; Técnicas e Tecnologias Não Letais para Uso Policial; Capacitação em Educação para o Trânsito; Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial e Uso diferenciado da Força. Outros: Táticas Operacionais Defensivas - CFSU; Escolta e Batedor com Motocicletas - PRF; Pilotagem Segura com Motocicletas CET; Pilotagem Defensiva Honda Indaiatuba Curso de Educador - CFSU.


Urubuzando o Jornalismo Não Confiável!





8 comentários:

  1. AINDA BEM QUE EU NAO PERCO MEU TEMPO ASSISTINDO DATENA E MARCELO REZENDE E PERCIVAL DE SOUZA.TENHO COISA MAIS IMPORTANTE PARA FAZER.

    ResponderExcluir
  2. Essa associação da imprensa outros órgãos de segurança pública está configurada, estavam esperando um caso isolado, e acharam. Percivais,Marcelos e Datenas temos muitos,mas ninguém quer estar na pele de um GM . OBRIGADO Guerreiro pela sua redação. Alivia um pouco a nossa dor.

    ResponderExcluir
  3. Cadê nosso representante oficial...É so mandar um documento para a record, e para o marcelo rezende Perguntando o seguinte.

    Marcelo Rezende e Percival, o primeiro já foi policial Civil, o segundo se diz expert em assuntos policiais, pois é jornalista policial. Se ambos estivessem na pele dos GCMs como reagiriam ao verem uma pessoa forte,desrespeitando, reagindo contra uma abordagem, qual ele estava totalmente errado, ilegal, tomando a arma de colega de corporação atirando nele e também em Você...faria o que...e peça para ele e ex-policial e para seu papagaio expert em reportagem policial responderem... como reagiriam...acorda aí representantes.

    ResponderExcluir
  4. Irmão , isso sim é um jornalismo serio , esclarecendo os fatos, não deixando nenhuma tipo dúvida, pensei mesmo que poderiam ser punidos , até a opinião de vereador competênte como é cel. Telhada e o comandante Meneses afirmando a legitima defesa fechando qualquer lacuna aberta por esse repórter e seu fiel e remunerado escudeiro louro José . Me perdoe a franqueza mas esse jornalista era tao serio quando era um repórter global , hoje não passa de um jornaleiro não desmerecendo a função, chega a seramador . Parabéns irmão vc é um reporter !

    ResponderExcluir
  5. Obrigado a todos pela visita e comentários, principalmente ao que se refere ao trabalho deste site. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. parabéns meu irmão de sangue azul por sua reportagem , eu , assim como todos os meus parceiros estamos indignados com as declarações feitas por este apresentadorsinho que demonstrou um profundo desconhecimento de leis e repudio aos gcms ,o certo seria ele se retrartar em publico , porém sei que isto não ira acontecer , precisamos dar uma repercursão maior nesse caso irmãos porque nossa profissão não pode ser achocalhada desse jeito e ficar por isso mesmo . saiba que sua reportagem alivia um pouco da indignação que estou sentindo por ver dois gcms no cumprimento de seus deveres serem agredidos dessa forma e suas famílhas ao invés de apoio ainda serem obrigadas a terem seus entes queridos tratados como marginais fora da lei. concordo plenamente com a matéria e a opinião de meus irmãos

    ResponderExcluir
  7. Parabéns companheiro!Muito bons argumentos e excelente expalnação! Me orgulho de ti!Compartilhando! Forte abraço!

    Camargo!

    ResponderExcluir
  8. Esse percival não sabe o que fala..vai conforme a onda leva. Certa reportagem em santo andré onde uma menino foi morto e antes disso ele havia solicitado ajuda a um GCM, esseo levou para um conselho tutelar, o menino depois foi devolvido a familia e dias depois foi morto. O percival falou o seguinte..." a criança já havia solicitado ajuda aos policiais ( GCMs) etc..e tal..e hoje vem falar abobrinha...não sabem que a GCM tem sim pistolas 380, que alguns inspetores fizeram o curso para usa-las etc...não se informam, fazem sensacionalismo puro, e o pior, muitos vão no embalo deles...um caram bom é o goldino que sempre que pode defende a GCM, faz um jornalimo sério...goldino no lugar de marcelo rezende já! E parabéns pelo excelente trabalho guerra, sempre enaltecendo o nome das GCMs, principalmnete de nossa corporação!

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

Tecnologia do Blogger.