05 agosto 2014

15 motivos para as Altas Cúpulas das polícias militares se preocuparem (Ao invés de se preocuparem com a Regulamentação do Poder de Polícia das Guardas Municipais)

05/08/14 - Por Dennis Guerra: A poucas horas para a sanção presidencial do PLC 039/14, as altas cúpulas das polícias militares do Brasil - em um esforço de manter uma política de segurança falha e ineficiente - somam-se agora o Ministério Público Federal com a alegação de que a 






regulamentação do Poder de Polícia das Guardas Municipais é inconstitucional. Bem, vamos dar aqui algumas dicas para as Polícias Militares - Digo isso às instituições na figura de seus oficiais, não dos integrantes que vivem as dificuldades da famigerada segurança pública em nosso país -  para se preocuparem:

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

1 - Programa Na Moral - Em debate a Segurança Pública


01/08/14 - Encaminhado por Jorge Costa: Donos de diferentes opiniões, coronéis Ubiratan Ângelo, da PMRJ, e José Vicente, da PMESP, participam do programa. Será que o brasileiro se sente protegido pela polícia? No Na Moral desta quinta, 31, Pedro Bial discutiu o tema Polícia e recebeu no palco do programa o coronel José Vicente, da PMESP, e o ex-comandante Ubiratan Ângelo. Lado a lado, eles discutiram diferentes opiniões sobre o comportamento dos policiais junto à população. Confira tudo que rolou clicando AQUI! Fonte: OCDGN

2 - Advogado é barrado em visita a preso em hospital de São Vicente


05/08/14 - Eduardo Velozo Fuccia - A TRIBUNA - Lei garante visitas a detento internado: Advogados não necessitam de prévia autorização judicial para manter contato com clientes internados sob escolta policial, decidiu o juiz Otávio Augusto Teixeira dos Santos, corregedor dos presídios de São Vicente, ao analisar requerimento formulado por um defensor impedido de visitar detento hospitalizado. Embora apenas tenha confirmado prerrogativa da advocacia já prevista em tratado internacional, do qual o Brasil é signatário, e em lei federal, o magistrado precisou tomar essa decisão para derrubar ordem verbal passada por uma aspirante a tenente da Polícia Militar a um subordinado e evitar que ela se repita... Fonte: OCDGN

3 - Segundo pesquisa, quase 40% dos policiais pretendem sair da corporação se conseguirem outra oportunidade profissional


30/07/14 - Encaminhado por Jorge Costa: Quase metade dos agentes de segurança (43,2%) acredita que o policial que mata um criminoso deve ser premiado pela corporação. Os dados são da pesquisa "Opinião dos Policiais Brasileiros sobre Reformas e Modernização da Segurança Pública”, realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em parceria com o Centro de Pesquisas Aplicadas da Fundação Getulio Vargas (CPJA-FGV) e o Sistema Nacional de Segurança Pública (Senasp), divulgada nesta quarta-feira (30). A pesquisa foi respondida por 2,1 mil agentes de segurança, entre policiais militares (52,9%), civis (22%), federais (10,4%), rodoviários federais (4,1%), bombeiros (8,4%) e integrantes de polícias científicas (2,3%)... Fonte: OCDGN



4 - Human Rights Watch identifica 150 policiais e agentes públicos suspeitos de praticar tortura no Brasil


28/07/14 - A organização internacional de direitos humanos Human Rights Watch afirma ter identificado indícios de envolvimento de 150 policiais, agentes penitenciários e agentes do sistema socioeducativo em 64 casos de tortura e tratamento cruel ocorridos no Brasil nos últimos quatro anos. A entidade redigiu carta ao Congresso Nacional, com cópia à presidente Dilma Rousseff, pedindo providências. O documento recomenda que os parlamentares priorizem a aprovação de projeto de lei que determina prazo máximo de 24 horas após prisão em flagrante para que presos sejam conduzidos à presença de um juiz... Fonte: OCDGN

5 - Exclusivo - Em entrevista, policiais revelam como agem os grupos de extermínio em SP


01/04/14 - Encaminhado por Ricardo Lucas: Entrevista realizada por Igor Carvalho em Julho de 2013 Dois policiais militares foram convidados a participar de grupos de extermínio que se organizam dentro da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Ao recusar o convite, passaram a ser perseguidos dentro da corporação. P1 e P2, como serão chamados nessa matéria, estão ameaçados de morte, sofrem com escalas desumanas de trabalho e seguem isolados dos demais companheiros. P1 e P2 aceitaram falar, sob condição de anonimato, com Fórum. Foram necessários três encontros sem qualquer entrevista gravada, apenas negociando. Somente na quarta reunião, em um local reservado, no interior de São Paulo, os agentes decidiram falar. Foram mais de três horas de entrevista, com acusações que revelam uma estrutura corrompida e precária da Polícia Militar... Fonte: OCDGN

6 - Ontem foi domingo e me droguei muito


28/07/14 - Por Gerivaldo Neiva: Ontem foi domingo e me droguei muito. Comecei por volta das 13h e só fui parar depois das 22h. Éramos uns poucos amigos e amigas, casais amigos, e quase todos se drogaram também. Uns mais e outros menos. Petiscamos durante o dia e só no final da festa é que resolvemos comer algo mais consistente. Sorrimos muito e também tivemos momentos de conversa séria. Eu, por exemplo, quando me drogo, tenho momentos de euforia e de silêncio. Passo horas ouvindo as pessoas e outras horas com o olhar perdido. Depois, peço desculpas e retorno à euforia e boas risadas...Fonte: OCDGN

7 - 05 vantagens no Estatuto Geral das Guardas Municipais - Discussão no campo da seriedade


22/07/14 - Por Dennis Guerra: Considerando que muitos se questionam quais mudanças ocorrerão daqui para a frente desde a aprovação do PLC 039/14 - Regulamentação das Guardas Municipais - pelo Senado Federal (Aguardando a sanção da Presidente), alguns textos tem me chamado a atenção. Um deles, elaborado pelo Oficial da Polícia Militar da Bahia, Danillo Ferreira, associado ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública e estudante de Filosofia, também administrador do Blog Abordagem Policial, traz o equilíbrio necessário - e holístico - à tais discussões - diferentemente ao Coronel José Vicente, em postespecífico - Clique AQUI e saiba mais... Fonte: OCDGN

8 - Padre Júlio Lancellotti acusa agentes do Estado pelo fornecimento de drogas na região da Nova Luz


12/07/14 - Por Dennis Guerra: Durante abordagem realizada por GCMs da IOPE na região da Nova Luz  - vulgarmente conhecida por Cracolândia - à uma mulher que vinha sendo monitorada pelos agentes no local, o Padre Júlio Lancellotti - que liderava uma manifestação - tentou dissuadir a ação legal. Alegando primeiramente que os agentes estavam abordando uma pessoa pelo simples fato de ser 'uma moradora de rua' e que entraria em contato com autoridades municipais.Após a abordagem e constatação do flagrante de Tráfico de Entorpecentes, sendo localizado com M.A. 16 pedras de crack e R$ 1.175,00 Reais - Caso registrado na 2° Delegacia de Polícia – Bom Retiro pelos GCMs Michele, Tharssio e Merino. Detalhe: a mulher já tinha passagem pelo mesmo crime. O padre ainda buscou outros meios de descaracterizar a ação legal, chegando até mesmo a afirmar que agentes públicos do Estado são os responsáveis pelo fornecimento de drogas na região. Saiba mais no vídeo... Fonte: OCDGN

9 - Dilma diz que polícias não devem ficar sob controle dos estados (Dilma planeja controlar polícias estaduais; as quais acusa de empregar métodos dos criminosos)


12/07/14 - Encaminhado por Nogueira Gu: Em entrevista à rede de televisão norte-americana CNN, a presidenta afirmou que a Constituição deve ser modificada para o Governo Federal ter mais ingerência sobre a segurança pública. A presidenta Dilma Rousseff defendeu que os estados tenham menos controle sobre as policias em entrevista à rede de televisão norte-americana CNN exibida na última quarta-feira, 9. Em sua fala, ela afirmou que são necessárias mudanças na Constituição para que a segurança deixe de ser uma atribuição das unidades federativas. “O combate à criminalidade não pode ser feito com os métodos dos criminosos. Muitas vezes isso ocorre, e nós não podemos também deixar intocada a estrutura prisional brasileira”, disse Dilma, após ser questionada sobre a alta letalidade da Polícia Militar. “Eu acredito que nós teremos de rever a Constituição. Por quê? Porque essa é uma questão que tem de envolver o Executivo federal, o estadual, a Justiça estadual e federal. E porque também há uma quantidade imensa de prisioneiros em situações sub-humanas nos presídios... Fonte: OCDGN 


10 - No 1º trimestre deste ano, 156 morreram após confronto com polícia, alta de 132,8% em relação ao mesmo período de 2013


11/07/14 - Encaminhado por Jorge Costa: Enquanto o governo estadual de São Paulo comemora redução no número de homicídios, a quantidade de pessoas mortas por policiais militares e civis cresceu vertiginosamente no primeiro trimestre deste ano em comparação com igual período do ano passado. Dados compilados pelo Instituo Sou da Paz, com base em números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública, indicam que somente policiais militares em serviço mataram 156 pessoas no Estado entre janeiro e março, aumento de 132,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram mortas 67 pessoas...Fonte: OCDGN


11 - De cada 10 assaltantes, 7 voltam a roubar no Estado e 41% são menores

09/07/14 - Levantamento exclusivo da Secretaria de Segurança Pública mostra que, entre os reincidentes, 20,5% cometeram o primeiro roubo antes dos 18 anos e 20,6% com menos de 17. De cada dez acusados de cometer roubos no Estado de São Paulo, sete voltaram a praticar o mesmo crime entre janeiro de 2001 e julho de 2013. Desses, 41% tinham menos de 18 anos quando roubaram pela primeira vez. Os dados são resultado de levantamento inédito feito pela Secretaria da Segurança Pública, a pedido do Estado. O índice significa que o fato de ter sido apontado para a polícia como autor de um roubo não evitou que mais de dois terços dos ladrões voltassem a roubar, nesse período de 12 anos e meio. O método usado foi conservador, e o número dos que voltaram a roubar no período pode ser mais alto... Fonte: OCDGN


12 - Soldado Bombeiro Militar é demitido por crítica no Facebook
25/07/14 - Há alguns anos que milito em prol da liberdade de expressão dos policiais e bombeiros militares. Não bastasse o Código Penal Militar que submete os PMs e BMs à condição de semicidadãos, as legislações administrativas das polícias e bombeiros muitas vezes são utilizadas para retaliar aquele que se expressa – é claro, em discordância a decisões e práticas institucionais. É o que mostra uma postagem do blog do Almança, divulgando um caso absurdo e desmotivador, onde um soldado do Bombeiro Militar do Espírito Santo foi demitido por criticar superiores no Facebook. Abaixo, a publicação que o soldado BM teria feito em seu perfil do Facebook... Fonte: OCDGN
13 - Caso Pedreiro Amarildo 'x' Caso Soldado Fonseca (Atualizado)
26/06/14 - Por Dennis Guerra: Nesta última semana mais um caso de um policial covardemente assassinado se repete. Desta vez, o corpo do Soldado PM Rodrigo de Lucca Fonseca foi localizado na tarde deste terça (24). Sem entrar no mérito das investigações, o que muito se tem comentado nas redes sociais é o papel da grande mídia, assim como setores. Por exemplo, em um caso de repercussão no país, o do pedreiro Amarildo, veja esta declaração... Fonte: OCDGN
14 - Policiais de treze Estados decidem parar na quarta-feira
19/05/14 - Encaminhado por Walter Júnior: São Paulo e Rio estão entre os que confirmaram adesão à paralisação nacional. Demais unidades da federação têm até terça para decidir. A paralisação nacional de policiais, convocada para a próxima quarta-feira, já tem a adesão de metade dos Estados brasileiros. Até o início da tarde desta segunda, agentes de treze unidades da federação aceitaram a convocação feita pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol). São eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Amazonas, Pará, Alagoas, Paraíba, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rondônia e Bahia. "Distrito Federal e os demais Estados devem responder até terça-feira se vão também cruzar os braços. Não recebemos nenhuma resposta negativa ainda", disse ao site de VEJA o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra... Fonte: OCDGN
15 - 80% dos brasileiros têm medo de tortura caso fossem detidos
19/05/14 - A prática da tortura pode ser definida como a aplicação arbitrária da pena a quem é considerado culpado por algo. Ou expressão da ineficiência de instituições públicas que lidam com o crime mas não conseguem produzir informações sobre sua organização e causas. Ou mesmo desumanidade e barbárie. A prática da tortura cometida pelo Estado é sinal claro de autoritarismo, incompetência e crueldade. No âmbito das polícias, é essencial estabelecer um debate aprofundado sobre o tema, que oriente nossos policiais a rechaçar a mínima possibilidade desse tipo de prática. Não basta inserir no currículo dos cursos de formação a disciplina “Direitos Humanos”. Mais que isso, é preciso converter toda e qualquer política organizacional ao filtro do respeito e valorização da humanidade. De que adiantam 30, 40, 50, 60 horas-aulas formais da disciplina se tal entendimento é desfeito com uma série medidas que contradizem os princípios humanitários mais básicos (inclusive em relação aos direitos dos próprios policiais)... Fonte: OCDGN
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

É parceiro, se procurar vai encontrar muitos outros motivos para perceber que a Regulamentação das Guardas Municipais é o menor dos problemas das altas cúpulas das polícias militares. E a senhora Presidente Dilma Rousseff, como decidirá isso? 

Foto: A imagem da semana!





Clique AQUI e fale com a Presidente Dilma Rousseff


Sobre o compilador - Dennis Guerra: Brasileiro, 38 anos de idade, casado: Doze anos na Guarda Civil Metropolitana; Onze anos na função de Motociclista; Gestão Específica. Cursos SENASP: Condutor de Veículos de Emergência; Violência, Criminalidade e Prevenção; Técnicas e Tecnologias Não Letais para Uso Policial; Capacitação em Educação para o Trânsito; Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial e Uso diferenciado da Força. Outros: Táticas Operacionais Defensivas - CFSU; Escolta e Batedor com Motocicletas - PRF; Pilotagem Segura com Motocicletas CET; Pilotagem Defensiva Honda Indaiatuba Curso de Educador - CFSU.

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.