14 julho 2014

Resposta do Comandante Geral, Inspetor Gilson Menezes - Viagem à Brasília para votação do PLC 039/2014

14/07/14 - Por Dennis Guerra: Após muitas discussões quanto à possibilidade de se organizar uma viagem de alguns integrantes do efetivo da Guarda Civil Metropolitana à cidade de Brasília, para acompanhar a votação do PLC 039/14 no próximo dia 16/07/2014, foi sugerido a possibilidade da viagem ser realizada com o ônibus próprio da  


instituição. Não vou me ater aqui na questão do sindicato promover tal viagem, pois, em conversa com um dos diretores, o Sr. Clóvis Pereira, ficou acertado que seria repassada uma nota a respeito. Sendo assim, repassarei apenas o contato feito com o Sr. Comandante Geral da Guarda Civil Metropolitana, Inspetor Gilson Menezes, através do e-mail funcional aberto aos integrantes da GCM/SP. Veja abaixo:
____________________________________________________________________
"Sr. Comandante Menezes, existe um assunto importante neste momento que é o PLC 039/14 e a grande movimentação que vem sendo realizada pelas redes sociais. Nisso, existe uma linha de promover a presença de alguns GCMs Vossos subordinados em Brasília. Considerando o grande gasto que uma empreitada particular poderia causar e que essa vitória passa por Vossas mãos, surgiu a seguinte pergunta: O Comando Geral da Guarda Civil Metropolitana, juntamente com o Secretário Roberto Porto, poderiam liberar o ônibus de tropa da GCM/SP para encaminhar um efetivo uniformizado para Brasília, deixando os custos de combustível e pedágios por conta dos passageiros?  
Além disso, com uma listagem de nomes e RF's encaminhados ao Vosso conhecimento, teriam os Vossos subordinados as faltas abonadas, considerando que a viagem ocuparia dois dias das vidas desses homens e mulheres a bem da instituição? 
Peço desculpas por tamanha ousadia, mas em momentos como esse não podemos evitar tais abusos. Também sei que, cuidadoso como é, poderia existir alguns pontos sensíveis a serem observados em tal pedido que não consigo visualizar do cargo em que me encontro. Então, fico extremamente ansioso por suas observações. Muito obrigado!
Dennis Guerra
____________________________________________________________________
Resposta:
____________________________________________________________________
"Prezado Guerra, boa tarde. Em resposta a presente  solicitação, esclareço que não será possível realizar deslocamento até Brasília com utilização de veículo oficial, isso por conta dos impeditivos legais, todavia, este Comandante entendendo a necessidade de termos representantes da nossa Guarda Civil Metropolitana na votação no Senado, autorizo que seja dada compensação no banco de horas aos interessados, troca de plantão ou ainda como alternativa a terceira via que seria falta abonada".
Gilson Menezes - Comandante Geral GCM/SP
____________________________________________________________________
Sendo assim, os interessados em efetivar tal viagem por conta própria deverão considerar a elaboração dos documentos internos necessários e ainda, se possível, comprovantes da viagem para justificar o respaldo necessário ao pedido. Sugiro ainda que, na falta de qualquer informativo interno que possa gerar dúvidas, o link desta postagem seja relacionado no documento como forma de subsidiar o pedido.
VEJA AINDA: 

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.